Uncategorized

Mesmo sem multa, maioria dos brasilienses sai com máscaras nas ruas- Blog Giga Medical

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

O uso de máscara passou a ser obrigatório no Distrito Federal a partir desta quinta-feira (30/04). O Governo do DF (GDF) determinou a medida para conter a disseminação da pandemia do novo coronavírus. A maioria dos brasilienses, porém, utilizava o item ou aproveitou para pegar unidades nos postos de distribuição montados pelo Executivo local.

Mas sem o peso da multa, havia gente caminhando pelas ruas com o rosto sem proteção. A estação do Metrô-DF da Praça do Relógio, em Taguatinga, é um dos postos de distribuição das máscaras. Segundo os funcionários, a maioria das pessoas vai atrás do equipamento.

Veja imagens:

Nathália Brandão, 24, assistente de qualidade, moradora da Vila Planalto e a filha Valentina Brandão, de 3 anos, saíram de casa protegidas.

“Eu já usava a máscara antes. É necessário porque é um meio de você se proteger e proteger os outros. E não dá trabalho para minha filha usar. Eu digo que existe bichinho que está no ar e pode entrar no nariz e deixá-la dodói”, afirmou.

Por outro lado, Nathália faz o alerta para comportamento de outras pessoas. “A maioria das pessoas está usando. Mas também tem aqueles que não. Hoje mesmo, eu vi muitos sem a máscara. Enquanto não tiver a multa, infelizmente, vai ter gente sem usar”, desabafou.

Por volta das 11h, não havia fila na estação de metrô. Segundo os funcionários da empresa, o ponto recebeu 2 mil para distribuição.

Confira a lista de locais onde há distribuição de máscaras:

  • Terminal Brazlândia Centro (Área Especial Setor Norte Lote 01)
  • Terminal Brazlândia Setor Veredas (Setor Veredas Praça Central AE Lote 01)
  • Terminal Setor “O” (Área Especial C Quadra QNO 14)
  • Terminal Setor P Sul (QNP 24 Área Especial 01)
  • Terminal Setor QNQ/QNR (QNR 01 Área Especial – Expansão Ceilândia)
  • Terminal Setor Gama Central (Setor Central Área Especial Gama)
  • Terminal Gama Sul (Quadra 05 Área especial Gama)
  • Terminal Santa Maria Sul (Área Especial Quadra 401 – Santa Maria Sul)
  • Terminal Recanto das Emas I (Área especial Quadra 311 Recanto das Emas)
  • Terminal Recanto das Emas II (Avenida Ponte Alta Quadra 400/600)
  • Terminal Samambaia Sul (QN 327 Área Especial 1 Samambaia Sul)
  • Terminal Samambaia Norte (QR 433 S/N Área Especial)
  • Terminal do Paranoá (Quadra 33 Área Especial Lote 01)
  • Terminal de Planaltina (Avenida Independência, Setor de hotéis e diversões Projeção O)
  • Terminal Riacho Fundo I (Quadra 04 Lotes 6 a 8 Riacho Fundo)
  • Terminal Riacho Fundo II (Área Especial QS 18 Riacho Fundo 02)
  • Terminal São Sebastião (Área Especial EDF 135 São Sebastião)
  • Mini Terminal Sobradinho I (Área Especial EDF 135 São Sebastião)
  • Terminal Sobradinho II (Quadra AR 25 – Conjunto 01 – Lote 02 Sobradinho 02)
  • Terminal Taguatinga M Norte (QNM 42, Área Especial 03 Lote 03 a 07)
  • Terminal Taguatinga Sul (Área Especial 09)
  • Estação do metrô Ceilândia Norte
  • Estação do metrô Ceilândia Centro
  • Estação do metrô Guariroba
  • Estação do metrô Ceilândia Sul
  • Estação do metrô Centro Metropolitano
  • Estação do metrô Praça do Relógio
  • Estação do metrô Taguatinga Sul
  • Estação do metrô Samambaia
  • Estação do metrô Samambaia Sul
  • Estação metrô Furnas

Multa

Apesar do uso da máscara ser obrigatório, a multa a partir de R$ 2 mil para quem desobedecer a norma foi adiada para 11 de maio. O governador Ibaneis Rocha (MDB) decretou, em 23 de abril, obrigatório o uso do acessório a partir do dia 30. À coluna Grande Angular, nessa quarta-feira (29/04), o chefe do Executivo local disse que a produção de máscaras não foi terminada a tempo.

No mesmo decreto em que obriga a população a utilizar o equipamento, o emedebista estabeleceu que a Secretaria de Governo distribuiria máscaras para quem não tem condições de comprá-las.

A norma estabelece que quem não usá-la poderá receber advertência, multa a partir de R$ 2 mil, ser preso e até responder por crime de infração de medida sanitária, que tem pena de detenção de 1 mês a 1 ano.

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.metropoles.com

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *