Distribuição de máscaras e reabertura de alguns comércios na Espanha- Blog Giga Medical Leave a comment

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Distribuição de máscaras e reabertura de alguns comércios na Espanha

Homem tira selfie em frente a um mural representando os atores John Travolta e Samuel L. Jackson nos papéis de “Vincent Vega” e “Jules Winnfield” em “Pulp Fiction” de Quentin Tarantino, usando máscaras, em Madri, em 3 de maio de 2020 – AFP

Milhões de máscaras estão sendo distribuídas na Espanha, onde seu uso no transporte público é obrigatório a partir desta segunda-feira (4), enquanto algumas pequenas empresas começaram a retomar suas atividades em um relaxamento gradual do rigoroso confinamento do país.

A Espanha, um dos países mais atingidos pela pandemia de coronavírus, registrou 164 novas mortes em 24 horas nesta segunda-feira, o mesmo número registrado no dia anterior, elevando o total de vítimas fatais para 25.428, de acordo com o balanço do ministério da Saúde.

O país registrou 545 novos casos do vírus, o número mais baixo desde o início do confinamento dos 47 milhões de espanhóis, em 14 de março.

São dados “muito bons”, comemorou Fernando Simón, do centro de emergências de saúde do ministério da Saúde.

Ele alertou, porém, que poderia haver atrasos na notificação de casos do fim de semana.

Milhões de máscaras começaram a ser distribuídas nas estações de metrô, uma vez que seu uso obrigatório no transporte público entrou em vigor hoje.

Na estação Puerta del Sol, no coração de Madri, uma mensagem ecoava: “O uso de máscara é obrigatório para todos os usuários, tanto dentro dos trens quanto nas instalações”.

A polícia municipal e agentes da proteção civil entregavam as máscaras, embora muitos usuários já portassem próprias.

“Começa a ter mais pessoas. Até hoje não tinha visto tantas pessoas usando máscaras e hoje sim”, comentou ao sair do metrô Cristina Jiménez, de 31 anos, funcionária de uma casa de câmbio que continuou trabalhando nas últimas semanas.

“Com essa situação, todos deveríamos ter medo. Quem não perdeu o emprego, com a crise que vai acontecer, pode perdê-lo”, diz. Mas “o importante é estarmos bem, e o trabalho no final, se não é um, é outro”, conclui.

Dentro do plano do governo de flexibilizar gradualmente o confinamento, empresas com menos de 400 m2 podem reabrir para prestar serviços através de um sistema de agendamento e sob rigorosas medidas de higiene.

Os salões de beleza, por exemplo, notaram alta demanda.

“Hoje há um pouco de caos. Muitos clientes estão ligando para marcar um horário”, disse Conchi Navarro, cabeleireira de 56 anos. Ela abriu seu salão em Barcelona esta manhã apenas para clientes mediante agendamento.

De acordo com o plano do governo, a Espanha entrará na fase 1 da desescalada em 11 de maio – exceto algumas ilhas nas Canárias e Baleares que o fizeram nesta segunda-feira -, quando serão permitidas reuniões de até dez pessoas mantendo a distância social ou a abertura de lojas com capacidade limitada.


Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.istoedinheiro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SHOPPING CART

close