Uncategorized

Governo vai enviar projeto de lei que obriga uso de máscaras no ES- Blog Giga Medical

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Clientes com máscara na fila do banco no bairro Glória, em Vila Velha. O Governo do Estado determinou o usar máscara de proteção contra o coronavírus
Clientes com máscara na fila do banco no bairro Glória, em Vila Velha. O governo do Estado determinou o usar máscara de proteção contra o coronavírus. Crédito: Carlos Alberto Silva

O governador Renato Casagrande anunciou na noite desta segunda-feira (4) que vai enviar um projeto de lei à Assembleia Legislativa do Espírito Santo para tornar obrigatório o uso de máscaras no transporte coletivo, comércio, industria e serviços no Estado. Será prevista multa para a empresa que descumprir a exigência.

Segundo Casagrande, será proibida a entrada e permanência de pessoas sem o equipamento de proteção nos ônibus, sob pena de multa às empresas de ônibus que integram as concessionárias do transporte coletivo.

No caso do comércio e serviços, a exigência valerá tanto para funcionários e prestadores quanto para clientes. A responsabilidade, nesses casos, também será do empresário, que deverá fornecer a máscara aos trabalhadores e regular a entrada de clientes também com o equipamento.

“A lei vai promover um debate conjunto entre parlamentares e sociedade. É mais uma forma de reduzir o contágio do vírus. Compreendemos que mascara é barreira. No transporte não tem como haver distância de dois metros de uma pessoa para a outra. Com a máscara, a possibilidade de contágio diminui muito”, disse.

O projeto é mais uma medida para conter o avanço dos casos de Covid-19 no Estado, que preocupa o governo. O uso de máscaras de proteção facial é uma recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde, tanto para impedir que pessoas com sintomas transmitam a doença quanto para reduzir a chance de contágio de quem está saudável.

O governador não deu prazo de quando o texto chegará à Assembleia. Quando for enviado, ele deverá ser votado e aprovado pela maioria dos deputados. Em seguida, o projeto volta para o governador, que precisa sancioná-lo para que vire lei.

Atualmente, há um decreto que orienta o uso de máscaras para todas as pessoas que precisem sair de casa para atividades essenciais. Nas cidades onde o risco de contágio é alto, essa já é uma obrigação também determinada por decreto, mas não há previsão de punição em caso de descumprimento.

ISOLAMENTO SOCIAL PRECISA AUMENTAR

Durante o pronunciamento o Casagrande voltou a ressaltar a importância das medidas de isolamento social, como a saída apenas em caso de necessidade, isolamento de pessoas do grupo de risco, distanciamento, uso de máscara, higienização das mãos, entre outras.

Ele destacou que durante o fim de semana, o nível de isolamento do Estado chegou a 50% no sábado e 55% no domingo. Esses valores são considerados mínimos para que a medida surta efeito na diminuição de casos da Covid-19.

“Vimos ainda muita gente se aglomerando, muita gente sem máscara, nas praias, interagindo. Buscamos a todo momento atitudes para que agente possa preservar vidas. É preciso disciplina, cada um de nós tem uma parte a cumprir. Temos muita gente sem sintomas mas que podem transmitir o vírus para outras”, afirmou.

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.agazeta.com.br

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *