Uncategorized

Motoristas de aplicativo devem recusar corridas de passageiros que estiverem sem máscaras em MT, orienta PM | Mato Grosso- Blog Giga Medical

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Os motoristas de aplicativo que transportarem passageiros que não estiverem utilizando máscaras faciais serão advertidos pela Polícia Militar.

A informação é da assessoria da PM, que explicou que os motoristas não serão multados, como é o caso dos proprietários de estabelecimentos comerciais que permitirem a entrada de clientes sem máscaras. Neste caso, os donos dos comércios serão multados em R$ 80 por pessoas que for flagrada sem a máscara.

Mesmo assim, a orientação da Polícia Militar é para que os motoristas de aplicativos recusem corridas ao perceberem que o passageiro não está utilizando máscaras. Além disso, eles podem pedir também para que o passageiro desça do veículo caso isso aconteça.

O uso de máscaras tornou-se obrigatório a partir dessa segunda-feira (4) e os militares estão atuando em todos os 141 municípios de Mato Grosso para autuar quem desrespeitar a determinação.

No dia 3 de abril, o governador Mauro Mendes lançou a campanha “Eu cuido de você e você cuida de mim”, em que demonstra, seguindo especialistas e recomendações do Ministério da Saúde, que ao usar a máscara, as gotículas de saliva são bloqueadas pelo tecido. Assim, toda a cadeia de transmissão do vírus é interrompida já no início.

Uma operação de fiscalização para o uso obrigatório de máscara teve início nesta terça-feira (5), a partir das 13h, pelo Governo de Mato Grosso. Policiais militares devem passar por comércios e espaços públicos para exigir o cumprimento do decreto 11.119/2020 que torna obrigatório o uso do equipamento de proteção.

Durante a operação ‘Dispersão II – Covid 19’, segundo o governo, os comércios e pessoas sem máscaras poderão ser notificados se estiverem desrespeitando a medida legal, ou seja, que insistem em sair de casa ou estão em compras sem máscara.

A lei estabelece o pagamento de multa no valor de R$ 80 por pessoa (consumidor, funcionário, proprietário, diretor…) que estiver sem o equipamento de proteção individual. E determina que seja afixado em local de fácil visualização cartazes informando a obrigatoriedade do uso.

De acordo com o governo, a atuação da polícia será simultânea em todos os municípios mato-grossenses.

Além da fiscalização, os policiais vão orientar para o uso correto e distribuir máscaras às pessoas que estiverem descumprindo a determinação.

O objetivo é evitar a disseminação do novo coronavírus. Conforme o último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), nessa segunda-feira (4), Mato Grosso tem 344 casos confirmados da Covid-19 e 13 mortes pela doença.

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte g1.globo.com

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *