Uncategorized

Professor da USP mostra como reforçar máscara caseira com filtro de café- Blog Giga Medical

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

São Paulo – A máscara caseira, feita de tecido, tornou-se uma alternativa para a população na prevenção ao novo coronavírus. A partir disso, o professor doutor Henrique Eisi Toma, do Instituto de Química da Universidade de São Paulo, explica que o equipamento artesanal precisa de cuidados especiais.

A recomendação para reforçar a prevenção no uso do produto artesanal é acrescentar, junto ao tecido, filtro de papel feito para café. “Ela vai ficar igual a máscara N-95, com a parte frontal porosa e a interna com bloqueio. É muito melhor. Depois de usar, é só descartar o filtro e colocar outro”, afirma.

De acordo com ele, o tecido foi feito para as pessoas respirarem, portanto não é 100% seguro na prevenção do vírus. “A máscara caseira de pano não foi feita para filtrar, ela tem muitos poros. Ela não é totalmente segura”, explica, em entrevista à Rádio Brasil Atual.

O uso de máscara é recomendado em algumas regiões do país. Em São Paulo, por exemplo, a utilização do equipamento será obrigatória nas vias públicas de todo o estado de São Paulo, a partir da próxima quinta-feira (7). No transporte coletivo já é exigida. Outras cidades também aderiram à obrigatoriedade, como Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

Assista à demonstração

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.redebrasilatual.com.br

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *