Uncategorized

Motoristas sem máscara não serão multados, afirma Polícia Civil- Blog Giga Medical

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Divulgação

É falsa a informação de que o condutor de veículos de passeio sem máscara poderá ser multado e perder três pontos em sua habilitação

A Polícia Civil de Minas Gerais publicou nota, no site do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), informando que é falso o texto que circula nas mídias sociais sobre uma multa para os condutores de veículos de passeio que não usarem máscara dentro do carro ou em motocicletas.

Conforme o Polícia Civil, o texto falso afirma que além de multa de R$ 128, o condutor que fosse flagrado sem a máscara poderia perder três pontos em sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH). “Em uma versão mais recente da falsa história, um áudio foi produzido com um homem se passando por um locutor de rádio, na tentativa de dar credibilidade à informação. Muitas pessoas têm compartilhado a mensagem viral, gerando confusão”, explicou a PC em nota.

A Polícia Civil também esclarece que “esse tipo de infração não está prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), não havendo qualquer possibilidade de um agente fazer o auto de infração de trânsito”.

Entre outros propósitos, as informações falsas têm sido disseminadas para causar confusão, comoção ou revolta nas pessoas. A orientação da polícia é que sejam procuradas fontes oficiais e veículos de comunicação reconhecidos para que as pessoas se informem das normas.

Ipatinga

Em Ipatinga, o Decreto Municipal 9.314/2020 determina que fica obrigatório o uso de máscara para usuários e condutores dos veículos de transporte público coletivo e individual (mototáxi, táxi e transporte por aplicativos).

Além do transporte público e por aplicativos, o uso de máscaras é obrigatório para clientes, fornecedores e empregados do comércio, indústria e prestadores de serviços, assim como usuários e servidores do serviço público, em prédios e repartições.

Nessa quinta-feira, primeiro dia da exigência, a reportagem confirmou que vários estabelecimentos condicionavam a entrada de pessoas ao uso da máscara. A reportagem também verificou que máscaras reaproveitáveis, confeccionadas em tecido apropriado, já são vendidos a preços cada vez menores. Ontem um supermercado atacadista vendia três por R$ 10.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.diariodoaco.com.br

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *