Uncategorized

Varal solidário com máscaras grátis salva quem até agora não arrumou uma – Capital- Blog Giga Medical

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Iniciativa distribuiu quase 300 máscaras numa manhã (Foto: Kisie Ainoã)
Iniciativa distribuiu quase 300 máscaras numa manhã (Foto: Kisie Ainoã)

Há quem transformou a frustração em não conseguir manter a maioria da população em casa em iniciativa social moldada a pandemia do novo coronavírus. Ciente das dificuldades financeiras dos moradores do Residencial Canguru, na região sul de Campo Grande, por já desenvolver projeto social no local, o voluntário Bruno Nóbrega levou para a Avenida dos Cafezais um varal solidário de máscaras. Com doações, ele pode disponibilizar, nesta quinta-feira, o item de prevenção de forma gratuita.

A via foi escolhida a dedo. Corta bairros como Paulo Coelho Machado, Jardim Campo Nobre, Centro Oeste e Macaúbas, onde vivem família em situação de vulnerabilidade social. Por isso, até mesmo um item barato, como uma máscara de pano, pode ficar de fora do orçamento. A situação financeira também obrigada muitos a saírem de casa para trabalhar e garantir o sustento da famílias.

Armado, o varal trouxe sensação de mais segurança desde o período da manhã. “A gente sabe que está difícil essa situação para muitas famílias. Até para se alimentar. Por isso, pensamos na iniciativa”, explicou Bruno.

Bruno Nobrega quer estender trabalho voluntário para outras regiões da Capital (Foto: Kisie Ainoã)
Bruno Nobrega quer estender trabalho voluntário para outras regiões da Capital (Foto: Kisie Ainoã)

A iniciativa é a primeira, mas a ideia é percorrer outros bairros da periferia conforme forem as doações. O varal de hoje contou com a doação de 350 máscaras arrecadadas com amigos e conhecidos de Bruno. Depois que chegou ao local, ele ainda conseguiu mais 30 itens de uma comerciante da região, que se sensibilizou com a iniciativa. “A ideia é justamente essa”, afirmou.

A dona de casa, Maria de Lourde, 54 anos, foi surpreendida pela ação. Embora tente evitar as saídas, as vezes é quase inevitável. Até então, os deslocamentos estavam sendo feitos sem qualquer item de prevenção. “O projeto é muito bom tanto pelo lado de prevenção, mas também por ser de graça. Eu mesma não tinha condições de comprar uma máscara”, admite.

Criaças que circulavam sem máscara foram contempladas com item segurança (Foto: Kisie Ainoã)
Criaças que circulavam sem máscara foram contempladas com item segurança (Foto: Kisie Ainoã)

Desempregada, Gislaine Silva, de 36 anos, mora com o marido e a filha de 9 anos, por risco a prevenção é necessária para proteger toda família. Ela até tenta se prevenir quando sai de casa, mas a memória as vezes falha.

Apesar de ter máscaras doadas pelo serviço do companheiro e também nos terminais de ônibus, ela se esqueceu de utilizar o item para ir até o supermercado perto de casa. O trecho foi percorrido com alguma prevenção, pois ela encontrou o varal de doações no meio do caminho. “É difícil sair de casa com máscara, porque acabo esquecendo. Ainda não temos o hábito. Mas é importante”.

O varal serviu para prevenir ainda família inteiras de uma só vez. Acompanhada das duas sobrinhas, a dona de casa, Adriana Quadros, 38 anos, esbarrou na iniciativa e saiu de máscara novo cobrindo a região do nariz e a boca. “Ajuda a fazer com que o maior número de pessoas tenha uma máscara e assim se previna”, comentou sobre a iniciativa.

Adriana Quadros e as sobrinhas também ganharam máscaras expostas no varal (Foto: Kisei Ainoã)
Adriana Quadros e as sobrinhas também ganharam máscaras expostas no varal (Foto: Kisei Ainoã)

Quem se interessar em doar máscaras para manter a ação, pode entrar em contato com Bruno pelo (67) 99146-0990. Ele inclusive se prontifica a retirar as máscaras no local onde a combinar.

Contaminação – Mato Grosso do Sul contabiliza 311 pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, sendo 149 na Capital. Das 10 mortes, 3 foram em Campo Grande.

No Brasil, o número de contaminados ultrapassa os 128 mil, sendo que 8,6 mil morreram. No Mundo, são 3,7 milhões de diagnosticados e 265 mil mortos.

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.campograndenews.com.br

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *