Uncategorized

TCE pede ao governo da PB para reavaliar compra de máscaras com indícios de sobrepreço | Paraíba- Blog Giga Medical

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Em nota, a SES informou que a compra dos equipamentos foi realizada no início da pandemia, momento em que o produto estava escasso por causa da alta procura. A secretaria informou também que foi feita uma tomada de preços com sete empresas e apenas uma delas poderia atender a demanda estadual. A gestão afirma ainda que no período de 1º a 4 de abril foi observado o quase esgotamento de máscara N95 na em toda a rede, constatando-se que 17 hospitais dentre os 32 estavam com estoque zerado.

A auditoria do TCE detectou que os recursos utilizados para a compra eram federais. Por isso, entendeu-se que o caso foi encaminhado ao Tribunal de Contas da União (TCU). Também ficou determinada uma notificação para o Ministério Público Federal (MPF), Controladoria-Geral da União (CGU) e Procuradoria-Geral de Justiça.

A decisão foi uma resposta ao Ministério Público de Contas, que tinha protocolado um pedido de suspensão do pagamento de R$ 2,1 milhões à empresa Nacional Comércio e Representação Eireli pelo fornecimento das máscaras. O argumento do MP era que o produto, comprado pelo valor unitário de R$ 54,90, pode ser encontrado no mercado ao preço de R$ 23,54, gerando um sobrepreço de R$ 1,2 milhão.

O MPC alega que o pagamento pode causar prejuízo ao estado, mas pediu que fosse determinada a entrega do produto, para evitar que os profissionais da área médica sejam prejudicados, apesar da suspensão do pagamento. Caso a entrega não ocorra, procuradores defenderam a requisição administrativa das máscaras.

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte g1.globo.com

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *