Uncategorized

Motorista terá que impedir passageiro sem máscara em ônibus – cotidiano- Blog Giga Medical

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares


Apesar da obrigatoriedade, há passageiros sem máscara nos coletivos. (Foto: Denny Cesare/Código 19)

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), informou durante uma live nas redes sociais, na manhã desta segunda-feira (11), que a partir da próxima quarta-feira (13) os motoristas de ônibus serão obrigados a proibir a entrada de passageiros nos coletivos do transporte municipal sem a máscara de proteção contra o coronavírus.

Apesar da obrigação do uso de máscara no transporte ter começado na segunda-feira (4) da semana passada, não existia uma orientação a motoristas para o impedimento do passageiro sem o equipamento de proteção no transporte coletivo e nem uma fiscalização. 

A Prefeitura chegou a distribuir máscara de proteção em terminais de ônibus na semana passada, mas mesmo assim houve caso de pessoas sem a proteção no interior dos ônibus. O prefeito adiantou que fará uma reunião na tarde de hoje onde definirá o que será feito nos casos de revelia.  
 
LEIA TAMBÉM 
Jonas libera comércio por drive-thru; lojas de veículos podem abrir
Mulher de 28 anos morre por covid-19 em Campinas; casos chegam a 577

“A minha intenção é que comece na próxima quarta-feira. Vou ter uma conversa hoje à tarde. Quero ver se dou algum tipo de apoio porque essas pessoas que ainda não estão usando, geralmente são pessoas mais sistemáticas e às vezes pode acontecer um entrevero entre ela e o motorista. Mas queria pedir, como a maioria dos passageiros estão usando máscaras, que essas pessoas apoiassem o motorista na atitude. E também, a orientação vai ser a seguinte, em meio a uma negativa para não transformar aquilo em uma desinteligência”, afirmou o prefeito.

Jonas disse que vai criar um protocolo de acionamento do motorista e de uma identificação do passageiro. “Uma foto, algo do tipo, para as pessoas respeitarem. Se a maioria está respeitando, porque ela não irá respeitar? No meu horizonte, quarta-feira será o Dia D para o motorista falar: o senhor ou a senhora está sem máscara. Não entra no ônibus”, disse.  

RODÍZIO?

O prefeito também descartou qualquer tipo de rodízio no trânsito de Campinas no mês de maio como está ocorrendo na capital do Estado. “Se acontecer um rodízio de veículos em Campinas não será como o de São Paulo. Por placas par ou ímpar. O meu pensamento é fazer o que São Paulo tinha, que é segunda-feira tal placa, terça-feira tal placa e assim por diante. Esse sistema diminuiria cerca de 20% dos carros em circulação. Esse sistema que São Paulo fez é bastante drástico, mas particularmente acho que para São Paulo é necessário e acho também que podem vir medidas mais duras para a capital e Grande ABC. Cada lugar é uma realidade, tenho isso em um horizonte. Na reunião que tive sábado houve a decisão que por hora, não seja implantando esse rodízio”, disse.

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.acidadeon.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *