Uncategorized

Professora fabrica máscaras com visor para facilitar comunicação de alunos com deficiência auditiva | Tocantins- Blog Giga Medical

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

A máscara facial é um acessório indispensável para proteção contra o novo coronavírus. Mas ela pode acabar atrapalhando pessoas com deficiência que precisam fazer leitura labial para se comunicar. Pensando nisso, uma professora desenvolveu máscaras com visor transparente para que alunos deficientes auditivos possam se comunicar melhor.

“Uma das estratégias que os surdos utilizam para se comunicar com os ouvintes que não sabem libras, é o uso da leitura labial. Pelo fato deles serem surdos, eles não percebem de maneira natural e espontânea os sons da fala”, comentou o professor de libras Bruno Carneiro.

A problemática foi levada para a pró-reitoria de extensão da Universidade Federal do Tocantins. A partir disso a professora Fabiana Cordeiro que costurava máscaras comuns para doação, usou a criatividade para desenvolver uma máscara especial para quem mantém contato com pessoas com deficiência auditiva.

Professora desenvolve máscara com visor para deficientes auditivos

Professora desenvolve máscara com visor para deficientes auditivos

As máscaras produzidas estão sendo distribuídas para alunos e professores da instituição. Alunos com deficiência auditiva aprovaram as máscaras e enviaram seu relato. (Veja vídeo)

“Eu me sinto muito grata de ter tido a oportunidade de me deparar com um problema e conseguir uma solução. E ajudar pessoas que muita gente não olha, simplesmente porque não percebem o problema”, comentou Fabiana Cordeiro.

O uso de máscara facial se tornou obrigatória no Tocantins e a medida tem validade enquanto o durar o estado de calamidade decretado pelo Governo. O médico infectologista Jandrei Rodrigo explica que o uso de máscara é uma das importantes formas de se evitar a contaminação com o Covid-19.

“A principal forma de você adquirir o coronavírus é através de gotículas que saem da boca ou do nariz, ou que nós levamos a boca e ao nariz. Essas gotículas saem sempre que a pessoa tosse ou espirra, mas mesmo quando ela está conversando algumas dessas gotículas saem em menor quantidade. Quando usamos máscara acaba tendo uma proteção com relação a essas gotículas”, comentou Jandrei Rodrigo.

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte g1.globo.com

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *