Uncategorized

Cliente que recusou máscara e provocou morte de mulher é denunciado por homicídio- Blog Giga Medical

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

O empresário que se recusou a utilizar máscara de proteção em um supermercado de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MPPR), nesta quinta-feira, pelos crimes de homicídio, lesão corporal e infração de medida sanitária. A atitude do denunciado levou a uma briga que culminou em tiros e na morte de uma mulher.

No dia 28 de abril, mesmo tendo sido alertado pelo fiscal do estabelecimento sobre a obrigatoriedade do uso do item de prevenção ao coronavírus, o cliente, sem apresentar qualquer justificativa, negou o uso da máscara. O MPPR afirma que ele forçou a entrada no local e agrediu um segurança que, durante luta corporal com o empresário, efetuou dois disparos: um atingiu de raspão o agora denunciado e outro a funcionária Sandra Maria Aparecida Ribeiro, de 45 anos, que não resistiu e morreu.

A fiscal do supermercado “tentava apaziguar a situação e prestar os esclarecimentos sobre os decretos”, informou a Guarda Municipal, que atendeu a ocorrência.

Imagens de uma câmera de seguança do supermercado obtidas pelo EXTRA mostram o momento da briga; confira:

O empresário foi preso pela Polícia Civil do Paraná no dia seguinte ao episódio. Ele foi autuado em flagrante por duas lesões corporais e por desobedecer o decreto municipal de uso de máscara.

À época, o segurança agredido também havia sido autuado, mas por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. No entanto, de acordo com o inquérito policial e o entendimento do MPPR, representado pela 3ª Promotoria de Justiça de Araucária, o vigilante autor dos disparos agiu em legítima defesa, já que o empresário, além de agredi-lo com socos, tentou sacar-lhe a arma.

Funcionária de supermercado em Araucária (PR) morreu em confusão por uso de máscara
Funcionária de supermercado em Araucária (PR) morreu em confusão por uso de máscara Foto: Divulgação / Guarda Municipal de Araucária

O segurança inclusive havia tentado lhe oferecer uma máscara da empresa, sem custo, para que o consumidor pudesse fazer as suas compras. Enquanto os dois andavam em direção à entrada da loja, o cliente começou a proferir uma série de agressões verbais contra o vigilante e tentou pegar a arma dele.

Por meio de nota, o supermercado Condor lamentou “profundamente o ocorrido em sua loja de Araucária e informa que está prestando todo o apoio e ajuda à família (da vítima)”.

“A empresa também está contribuindo com as investigações e prestando todos os esclarecimentos necessários para que as autoridades esclareçam os fatos”, acrescentou.

Funcionária de supermercado em Araucária (PR) morreu em confusão por uso de máscara
Funcionária de supermercado em Araucária (PR) morreu em confusão por uso de máscara Foto: Divulgação / Guarda Municipal de Araucária



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte extra.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *