Uncategorized

Em Olinda, várias pessoas são flagradas sem usar máscara ou usando a proteção de forma errada | Pernambuco- Blog Giga Medical

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

O decreto que deixou o isolamento social mais rigoroso a partir do sábado (16) deixa claro que o uso de máscaras é obrigatório por quem precisar sair de casa para ir a algum serviço essencial. Mas em vários bairros da cidade de Olinda, no Grande Recife, o que foi visto nesta quinta-feira (14) está longe do ideal. Se várias pessoas usavam a proteção, uma grande quantidade estava sem. Ou usando errado (veja vídeo acima).

A TV Globo circulou por vários bairros numerosos da cidade e viu pessoas usando a máscara sem cobrir o nariz ou a boca. Ou com ela pendurada no queixo. “Deixo ela assim (sem cobrir o nariz) porque fico sufocado. Incomoda, não estou acostumado”, disse Gilberto Prazeres, que é açougueiro.

Em Olinda, várias pessoas foram flagradas sem máscara ou usando a proteção de forma errada — Foto: Reprodução/TV Globo

Assim como ele, várias pessoas ainda não usam o acessório da maneira correta. Com sintomas ou não, as pessoas podem transmitir o novo coronavírus. “No início é difícil, mas depois fica normal. É como um alimento que a gente não gosta, mas depois passa a gostar”, disse Ivan Menezes, psicólogo.

O decreto deixa o decreto mais rigoroso nas seguintes cidades: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata. O uso de máscaras, no entanto, é obrigatório para todo o estado. Por enquanto, os policiais apenas orientam a usar. A partir do sábado (16), quem não estiver usando, vai ter que voltar para casa.

Recife e Jaboatão dos Guararapes

A dois dias do início da quarentena decretada pelo governo estadual, Jaboatão dos Guararapes e Recife deixam a desejar no quesito isolamento social. Na manhã desta quinta-feira (14), a TV Globo registrou uma quantidade de pessoas nas ruas maior do que a esperada. Muitas delas sem máscara, equipamento de proteção individual obrigatório para quem não está em casa.

Na Avenida Barão de Lucena, em Jaboatão, o fluxo de carros parecia normal. Nas calçadas, vendedores de frutas atendiam sem proteção.

Na Avenida Sul, no Recife, uma blitz educativa sinalizava a importância do rodízio de carros, que, assim como a quarentena, começa no sábado (16). Motoristas e motociclistas passaram pelo local sem máscaras e foram orientados por agentes que estavam no local.

Coronavírus em Pernambuco

Pernambuco chega a 15.588 casos e 1.298 mortes por Covid-19