Uncategorized

Sesc instaura linha de fabricação digital de protetores- Blog Giga Medical

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

As unidades do Sesc em todo o estado de São Paulo permanecem fechadas para evitar a propagação do novo coronavírus, mas a instituição trabalha com a a fabricação de protetores faciais para distribuição entre trabalhadores do serviço público de saúde, instituições de atendimento hospitalar sem fins lucrativos e entidades assistenciais que atendem idosos, pessoas em situação de vulnerabilidade e pessoas com deficiência.

A novidade é a fabricação de protetores faciais para distribuição entre trabalhadores do serviço público de saúde, instituições de atendimento hospitalar sem fins lucrativos e entidades assistenciais que atendem idosos, pessoas em situação de vulnerabilidade e pessoas com deficiência. A produção já foi iniciada e a estimativa é de que sejam produzidas, por semana, cerca de 500 unidades do equipamento.

Ainda em abril, a instituição também fez uma doação de 420 mil itens de proteção aos profissionais da saúde. São máscaras cirúrgicas, toucas sanfonadas, luvas de procedimento e luvas plásticas -itens que seriam utilizados, principalmente, nas clínicas odontológicas e serviços de alimentação das unidades do Sesc.

Jundiaí foi uma das cidades receber itens de proteção hospitalar, entre máscaras cirúrgicas, toucas sanfonadas, luvas de procedimento e luvas plásticas.

FABRICAÇÃO
Os protetores, reutilizáveis, são constituídos por partes recicláveis associadas a componentes feitos com plástico biodegradável (polímeros termodinâmicos), cuja degradação no meio ambiente leva de seis meses a dois anos – o plástico comum levaria centenas de anos. São compostos por uma viseira de acetato cortada a laser e uma testeira, também de acetato ou plástico biodegradável – cujo filamento, utilizado na impressora 3D, é constituído de vegetais ricos em amido, como o milho, a beterraba, a mandioca e a cana de açúcar. A junção das peças para a montagem da máscara pode ser feita manualmente. A fabricação de uma unidade leva de 40 minutos a duas horas, dependendo do modelo.

Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/sesc-instaura-linha-de-fabricacao-digital-de-protetores/

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.jj.com.br

Related Posts