Uncategorized

Coronavírus: traje para shows tem filtro N95 e espaços para beber e fumar

Coronavírus, traje de proteção para shows
Foto via Stereogum

Todo mundo está doido para voltar a curtir alguns shows, e é claro que com a situação do Coronavírus ainda se estendendo por um tempo sem previsão, está bem difícil entender o que fazer para retomar a indústria do entretenimento.

Para alguns, a solução tem sido adotar o modelo drive-in, tão popular há anos atrás. Já são diversos shows nesse formato, e até turnê anunciada; mas é claro que isso tira o aspecto humano da coisa.

Já em lugares que reabriram com distanciamento social, tanto em festas quanto em shows fica bem claro que o “novo normal” pode até ser uma solução temporária, mas não vai servir como substituto para o que nos acostumamos a ter durante anos.

Pensando nisso, Miguel Risueño (mais conhecido como Mike 808) está tentando encontrar uma resposta. O diretor de invenções da Production Club, uma empresa focada em soluções de produção para shows e eventos em geral, virou notícia depois de ter criado um traje que parece permitir uma espécie de simulação da normalidade, já que ninguém em sã consciência usaria a roupa em situação normal.

Traje para shows durante pandemia do Coronavírus

Conforme contou a Stereogum, a ideia de Mike é que as próprias casas de shows oferecessem o traje, que seria alugado por aqueles que fossem aos eventos para curtir sem risco.

Totalmente fechada, a roupa tem um filtro N95 que é similar às máscaras mais eficientes na prevenção ao vírus e ainda possui uma espécie de compartimento substituível que pode ser preenchido com bebida ou os famosos “sucos” utilizados para os vapes, ou cigarros eletrônicos, que têm se popularizado bastante nos últimos tempos.

Mike explica ainda que o equipamento tem que ser “uma peça de moda” para que as pessoas curtam utilizá-la:

É um traje que meio que leva a sua segurança e cuidado em termos de estar próximo a partículas flutuantes ou vírus ao próximo nível. […] Nós precisamos ter certeza de que as pessoas querem usá-lo e se sentem bem sobre utilizá-lo. Então é mais uma peça de moda do que algo que parece um dispositivo médico.

No vídeo abaixo, você pode conferir como ficou o protótipo de Mike, chamado de Micrashell, e decidir se valeria a pena passar essa vergonha para ver um show. Você também pode ver mais informações sobre o projeto por aqui. Será que já chegamos ao ponto de aceitar qualquer coisa?



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.tenhomaisdiscosqueamigos.com

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *