Uncategorized

Por filha surda, mãe faz máscara transparente

Surdos oralizados conseguem se comunicar oralmente e compreender a fala por meio da leitura labial. Com o uso obrigatório de máscaras em diversas cidades brasileiras, o grupo se depara com uma nova dificuldade: como observar o movimento dos lábios, se um pano os cobre?

Arlene Cristina, de 51 anos, sentiu na pele este desafio.

Mãe de Nathalie Cooper, de 26 anos, surda oralizada, ela precisou utilizar da criatividade para possibilitar que a filha continuasse se comunicando, com segurança.

Foi então que a mãe procurou alternativas na internet e encontrou um tutorial que ensinava a fazer a máscara adaptada. Arlete colocou incluiu uma transparência na região dos lábios.

“As pessoas olhavam. Acho que eles pensaram que eu queria mostrar o meu batom”, brinca.

Segundo divulgou o UOL, a ideia surgiu depois que Nathalie precisou ir ao banco para falar com seu gerente. Com os colaboradores utilizando máscaras, a jovem pediu para a mãe acompanhá-la para ajudar na comunicação.

“Ela falava com o gerente, mas toda hora eu tinha que tirar a minha máscara para transmitir para ela o que ele falava”, conta Arlene, que diz logo ter percebido o incômodo da filha. “É perigoso. Eu ficava muito preocupada”, concorda Nathalie.

Com a eficiência da máscara, Nathalie está mais tranquila.

“Fiquei muito aliviada porque deu certo, deu para entender, e [com a máscara] era um risco a menos”, diz Nathalie.

“Fiquei feliz, porque é uma coisa que muita gente não sabia. E pessoas deficientes auditivas que viram a postagem se sentiram representadas. Até fiquei de enviar máscaras para duas meninas do Rio de Janeiro, vou mandar pelo correio”, conta Arlete.

Ela também pede para que as pessoas pensem na inclusão do deficiente auditivo.

“Quando se fala em acessibilidade, todo mundo pensa no cadeirante”, pondera. “As pessoas não têm informação. Inclusive, um rapaz foi grosseiro comigo [nas redes sociais] e me acusou de obrigar ela a fazer leitura labial em vez de usar Libras, mas eu nunca obriguei. Dentro da surdez tem muita diversidade”, conta.

Com informações do UOL.



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte tribunadejundiai.com.br

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *