Uncategorized

Máscaras tornam-se criativas e viram itens de moda na quarentena – Dourados Agora

01/06/2020 09h50 – Por: Cristina Nunes

A medida que as semanas da quarentena vão se estendendo, a máscara facial usada para proteção ao covid-19 evoluiu para um item de moda. Criativas e cheias de cores elas fazem a alegria de pessoas de diferentes faixas etárias e estilos.

Em Dourados, Evandro Santos Pinheiro conta que confecciona máscaras para diferentes estilos. “Adoro a individualidade de cada um. A máscara deixou de ser apenas um item de proteção e tornou-se uma forma de expressão e identidade”, afirmou Evandro.

“As mais pedidas são as de séries televisivas para combinar com as camisetas. Há também aqueles que expressam suas lutas, como causas LGBT e feminismo através das estampas”, destacou Evandro.

Gabriela Grattão mãe do casal de gêmeos Helena Grattão Holz e Valmir Afonso Holz Neto conta que usou da criatividade para que as crianças pegassem gosto em usar máscara e se protegerem.

“Até a boneca ganhou uma máscara para combinar com a da Helena. Frutinhas aplicadas também fez sucesso aqui em casa”. Valmir usa a máscara combinando com a estampa militar da calça”.

Seu Arlindo Franco quer se proteger e também mostrar seu amor ao time do coração. Ficou feliz ao ganhar a máscara do Palmeiras.

IMPORTÂNCIA DA MÁSCARA

Pelas ruas de Dourados, é fácil perceber que boa parte da população já aderiu ao uso das máscaras. Em outros países, antes mesmo da pandemia, já era frequente o uso das máscaras, algo cultural. No Brasil, os cidadãos têm se adaptado e aderido como fator de proteção e prevenção na disseminação do Covid-19.

Decretos municipais recomendam a utilização das máscaras, especialmente para atendimentos no comércio, unidades de saúde e demais estabelecimentos ou locais com muita entrada e saída de pessoas.



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.douradosagora.com.br

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *