Uncategorized

Passageiros e motoristas de ônibus são flagrados aglomerados e sem máscara em Ribeirão Preto | Ribeirão Preto e Franca

Motoristas e passageiros do transporte público de Ribeirão Preto (SP) foram flagrados sem máscara e se aglomerando nos ônibus e terminais rodoviários pela equipe de reportagem da EPTV, afiliada da TV Globo, na sexta-feira (5).

Em nota, o Consórcio Pró-Urbano, responsável pela operação dos ônibus na cidade, informou que ampliou a frota e os horários para atender ao aumento na circulação de passageiros devido à flexibilização da quarentena contra o novo coronavírus.

O desrespeito às recomendações das autoridades de saúde para frear o avanço do coronavírus deixa frustrados os moradores que seguem à risca as medidas de higiene. É o caso da auxiliar de serviços gerais Marlene Pereira, que precisa pegar ônibus todos os dias para chegar até o trabalho.

“É errado, porque ela não está protegendo nem ela mesmo nem a gente que está precisando do ônibus para trabalhar. Todo mundo tinha que se conscientizar. Todo mundo quer voltar a trabalhar, mas ninguém quer respeitar a lei”, reclama.

Outra reclamação é a quantidade de pessoas dentro dos ônibus. Os veículos só podem funcionar com metade da capacidade, mas não é o que tem acontecido em parte deles. Uma moradora gravou um vídeo para denunciar a superlotação da linha do bairro Paulo Gomes Romeo.

“Tem hora que os ônibus estão bem lotados. Aceitei voltar a trabalhar entrando e saindo mais tarde. Tem muita gente que, em vez de usar a máscara no nariz, usa no queixo. Tem gente que mexe na máscara e passa a mão em tudo quanto é lugar”, diz a auxiliar de serviços gerais Nilma Maria da Silva.

Telespectadora grava vídeo de ônibus lotado em meio à pandemia de coronavírus em Ribeirão Preto — Foto: EPTV/Reprodução

O desrespeito às normas sanitárias reflete na saúde dos usuários do transporte coletivo. Ao menos cinco motoristas foram infectados pela Covid-19, de acordo com o Sindicato dos Empregados em Empresas de Transporte Urbano e Suburbano de Passageiros de Ribeirão Preto e Região (Seeturp).

A pneumologista Gisele Cunha alerta que, se para andar nas ruas já é preciso usar a máscara e ter atenção à higiene das mãos, nos ônibus o cuidado precisa ser redobrado, por se tratarem de espaços fechados e com grande circulação de pessoas.

“Você higieniza a mão antes de entrar no ônibus, tentar sentar longe das pessoas e tenta evitar pegar ônibus lotado e ficar em pé. Saiu do ônibus, higieniza novamente. É importante para a sua segurança e para a segurança de quem está dirigindo para você”, diz.

Motorista de ônibus é flagrado com a máscara no queixo em Ribeirão Preto — Foto: EPTV/Reprodução

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte g1.globo.com

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *