Secretário de Comunicação se recusa a usar máscara em voo e aeromoça tem que intervir Leave a comment

O secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, recusou-se a usar uma máscara de proteção contra a Covid-19, durante um voo da Gol, de Brasília a Guarulhos, às 19h25 desta quinta-feira.

Diante da reclamação de outros passageiros, a aeromoça interveio e pediu a Wajngarten que colocasse a máscara. O secretário argumentou que não precisava por já ter contraído Covid-19.

Wajngarten foi diagnosticado com Covid-19 em março, depois de viajar aos Estados Unidos acompanhando Jair Bolsonaro, na comitiva em que 23 pessoas foram contaminadas.

A funcionária da companhia aérea insistiu que a medida era uma norma sanitária. Após o segundo pedido, Wajngarten pegou uma máscara e vestiu.

Apesar da fala do secretário, a OMS já declarou que ainda não há provas de que uma pessoa que já tenha se infectado por coronavírus esteja imune de contrair o vírus uma segunda vez.

Procurada para saber se Wajngarten gostaria de comentar o caso, a Secretaria de Comunicação da Presidência não se respondeu à coluna.

(Por Naomi Matsui)

ACESSE A HOME DA COLUNA E LEIA TODAS AS NOTAS, ENTREVISTAS E ANÁLISES

Leia também:

Acompanhe nas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram

Guilherme Amado passou por O Globo, Veja e Extra. Recebeu os prêmios Esso e Tim Lopes de Jornalismo Investigativo. É JSK Fellow na Universidade Stanford, e integrante do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos. Fica entre Brasília, São Paulo, Rio e onde mais houver uma boa história para contar.
Eduardo Barretto passou pelo jornal O Globo e pelos sites Crusoé e Poder360. Colaborou também para a Associated Press e O Estado de S. Paulo. Estudou na Universidade de Brasília e na London School of Journalism. Fica baseado na Capital Federal, onde busca histórias sobre o poder.
Naomi Matsui passou pela revista Veja e pelo site Poder 360. Também colaborou com O Estado de S. Paulo e o UOL. Cobriu Congresso Nacional, Palácio do Planalto, e as eleições presidenciais de 2018. Formada em jornalismo pela Mackenzie, mora em Brasília, onde cobre as diferentes áreas do poder.

Guilherme Amado passou por O Globo, Veja e Extra. Recebeu os prêmios Esso e Tim Lopes de Jornalismo Investigativo. É JSK Fellow na Universidade Stanford, e integrante do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos. Fica entre Brasília, São Paulo, Rio e onde mais houver uma boa história para contar.
Eduardo Barretto passou pelo jornal O Globo e pelos sites Crusoé e Poder360. Colaborou também para a Associated Press e O Estado de S. Paulo. Estudou na Universidade de Brasília e na London School of Journalism. Fica baseado na Capital Federal, onde busca histórias sobre o poder.
Naomi Matsui passou pela revista Veja e pelo site Poder 360. Também colaborou com O Estado de S. Paulo e o UOL. Cobriu Congresso Nacional, Palácio do Planalto, e as eleições presidenciais de 2018. Formada em jornalismo pela Mackenzie, mora em Brasília, onde cobre as diferentes áreas do poder.



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte epoca.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SHOPPING CART

close