Exemplo de superação, moradora de Uberlândia recebe alta depois de mais de um ano internada para tratar leucemia | Triângulo Mineiro Leave a comment

Blog Giga Medical

Uma moradora de Uberlândia recebeu alta hospitalar depois de ficar mais de 365 dias internada para tratar leucemia em uma unidade hospitalar. Ela chegou a perder os movimentos do corpo.

Roberta Tardelli, 45 anos, estava em um hospital particular paulista quando, finalmente, na última terça-feira (9), foi liberada (foto) para ir para casa. A saída foi comemorada pelos familiares e equipe médica.

Em setembro de 2017, ela foi diagnosticada com uma leucemia mieloide aguda. A paciente, então, conseguiu fazer o transplante de medula óssea. O doador foi o próprio filho dela.

Anteriormente, Roberta chegou a ganhar alta, mas descobriu que a doença havia voltado e precisou fazer sessões de quimioterapia.

No processo, ela também foi diagnosticada com a chamada doença do “enxerto contra o hospedeiro”, que é quando as células da medula óssea do doador atacam o receptor.

Em março de 2019, a paciente começou a apresentar um quadro de confusão mental e teve que ser internada na Unidade de Terapia Intensiva, onde chegou a perder os movimentos do corpo.

No entanto, apresentou grandes avanços no tratamento da doença. Conforme apurou a produção do MG1, o tratamento foi longo, mas, agora, ela está recuperada e já pode curtir a família em casa.

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte g1.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SHOPPING CART

close