Notícias de Franca e Região Leave a comment

Blog Giga Medical



Foto de: Divulgação



A partir da próxima segunda-feira, 29, lojas, shoppings, concessionárias de veículos, escritórios e imobiliárias poderão ser obrigados a suspender o atendimento presencial em Franca e nas outras 21 cidades que compõem o DRS-8 (Departamento Regional de Saúde). 


 


De acordo com os números divulgados na tarde desta quinta-feira, 26, pelo Governo do Estado, em um levantamento exclusivo do GCN, Franca reúne todos os índices para voltar à fase Vermelha do Plano São Paulo, de retomada da economia.


 


O anúncio oficial será feito a partir das 12h30 desta sexta-feira, 26, pelo governador João Dória (PSDB), durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes. Mas os números que embasam a decisão e que serão anunciados amanhã já estão disponíveis no site do Governo de São Paulo.


 


Caso não haja correções nos dados divulgados hoje, a região de Franca deixará a fase Laranja e voltará para a Vermelha, principalmente por causa da disparada no número de novos casos. 


 


Entre todos os cinco subitens que compõem o cálculo para afrouxamento ou endurecimento das regras de quarentena para evitar a disseminação do novo coronavírus, é no Evolução dos Casos, que Franca obteve a nota mais baixa – nota 1, Vermelha. Nos demais, as notas foram 2, Laranja.


 


 


Explosão de casos


O Plano São Paulo considera o período de sete dias, entre quinta e quarta-feira, para medir a evolução da pandemia em cada região, em comparação aos sete dias anteriores.


 


Na análise que será anunciada oficialmente amanhã, a região de Franca registrou 85 novos casos entre 11 e 17 de junho, e agora, do dia 18 a 24, foram 374 novos casos positivos – um aumento de quase quatro vezes e meia. 


 


Os óbitos também cresceram muito, passando de 3 na semana de 11 a 17 para 6, nesta última semana. 


 


Outro índice que apresentou aumento foi o de novas internações, que foram 64 em uma semana para 75 na outra. O ritmo de crescimento nesses últimos sete dias, porém, é menor que o verificado nos sete dias anteriores, caindo de 1,45 para 1,17.


 


Todos os dados são divulgados no dia seguinte, por isso, no site do Estado os números de quarta-feira, 24, por exemplo, encontram-se como dia 25.


Ocupação de UTIs dá um salto


O índice que talvez mais preocupe as autoridades é a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid, reservados exclusivamente para atender pacientes com suspeita ou confirmação da doença que necessitem de cuidados intensivos. Na quarta-feira da semana passada, a taxa na região de Franca era de 47% e nessa última deu um salto para 74,6%.


 


Já a quantidade de leitos de UTI Covid disponíveis por 100 mil habitantes na região caiu de 4,9 na última semana para 4,5 agora.


 


Os cálculos


Para definir a fase no Plano SP em que cada região estará inserida, são considerados dois critérios: Capacidade Hospitalar (formada por Ocupação de Leitos UTI Covid e Leitos UTI Covid por 100 mil habitantes) e Evolução da Pandemia (formada por variação de casos, de internações e de óbitos).


 


Cada um dos dois critérios recebe nota de 1 a 4, e o que receber a menor nota é que determinará a posição que a região estará. 


 


No caso de Franca, com os números divulgados pelo Estado na tarde de hoje, a nota em Capacidade Hospitalar é 2 (fase Laranja) e em Evolução da Pandemia é 1 (fase Vermelha). Como vale a menor nota, a região recua para uma etapa mais rígida da quarentena.


 


Capacidade Hospitalar


Com 74,6% de ocupação de leitos de UTI Covid, Franca recebeu nota 2 (Laranja). Os 4,5 leitos UTI Covid também garantiram nota 2 (Laranja) para a região. Como a ocupação tem peso quatro e os leitos, peso 1, a nota final é feita pela conta (2×4+2×1)/5, cujo resultado é 2 (Laranja).


 


Evolução da Pandemia


No critério Evolução da Pandemia, Franca obteve nota 1 (Vermelha) em variação dos casos, com taxa de 4,4. Já a variação de 1,17 nas internações rendeu nota 2 (Laranja). Os óbitos, com 2 de taxa de variação, também garantiram nota 2 (Laranja) para a região.


 


Com a variação de internações tendo peso 3, a nota final da Evolução da Pandemia é encontrada através da conta (1×1+2×3+2×1)/5, cujo resultado é 1,8. Como o Plano SP determina o arredondamento para baixo, Franca fica com nota 1 e cai para a fase Vermelha.

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte gcn.net.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SHOPPING CART

close