Uncategorized

Mogi espera passar hoje para a fase amarela do Plano São Paulo, que amplia a flexibilização do comércio

Blog Giga Medical

CENÁRIO Atualmente Mogi e Alto Tietê estão na faixa laranja com liberação do comércio e serviços em horário reduzido. (Foto: Eisner Soares)

Mogi das Cruzes está na expectativa do anúncio que será feito no início da tarde de hoje pelo governador João Doria (PSDB) para revelar se a região terá ou não sinal verde do Centro Estadual de Contingência do Coronavírus para subir de fase e avançar para a faixa amarela no Plano São Paulo de retomada consciente da economia já a partir da próxima semana.

O Alto Tietê se encontra na segunda etapa do programa, na faixa laranja, de controle, com liberação para a abertura do comércio e de serviços em horário reduzido de quatro horas. O avanço para a etapa amarela permitirá a abertura por seis horas e estende a flexibilização para outros setores, como salões de beleza, bares e restaurantes.

A avaliação do Governo é baseada nos índices da Covid-19, no que se refere à oferta de leitos, capacidade hospitalar instalada, número de infectados, óbitos, entre outras ações adotadas pelos municípios para enfrentamento da pandemia.

Neste aspecto, a região leste da Grande São Paulo registrou melhoria nos principais quesitos. Dados apresentados pelo Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) revelam que a região conta atualmente com 470 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para Covid 19 – cerca de 50% de acréscimo desde o início da pandemia. A clínica médica tem mais 500 leitos disponíveis. O indicador de UTI proporciona uma média de 15,7 leitos a cada 100 mil habitantes.

A capacidade hospitalar foi ampliada com a ajuda do Estado, que destinou 143 respiradores para o Alto Tietê, sendo 104 (Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes e Suzano). Outros 30 foram providenciados pelo Ministério da Saúde (Guarulhos e Suzano).

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio), Valterli Martinez está “otimista” sobre a possibilidade de abertura dessa nova janela na economia da cidade. Ele acredita que Mogi está preparada para ir além da amarela, e avançar para a fase verde do Plano São Paulo. “A cidade está conseguindo controlar a pandemia, com suporte hospitalar adequado e o comprometimento dos estabelecimentos em seguir as regras estabelecidas para cada tipo de serviço”, observa.

Proprietários de restaurantes, pizzarias, bares e lanchonetes também apostam nesse avanço e já se preparam para reabrir as portas aos clientes. Ontem, os representantes desses segmentos se reuniram, na Câmara, com integrantes da CEV da Retomada Econômica e membros do Comitê Gestor da Retomada Econômica da Prefeitura -, para definição do protocolo sanitário de segurança dos segmentos. O encontro com donos de salões de beleza ocorreu anteontem.



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.odiariodemogi.net.br

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *