Uncategorized

Moradora de Conceição do Castelo vence concurso nacional de máscaras

Blog Giga Medical

Uma estudante de sete anos, do interior de Conceição do Castelo, na Região Serrana do Estado, ganhou em primeiro lugar um concurso de máscaras, promovido pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. A pequena Hellen Bonicenha conhecerá, quando a pandemia do novo coronavírus terminar, o Palácio da Alvorada, em Brasília, no Distrito Federal.

Hellen Bonicenha concorreu na categoria de crianças de 6 a 12 anos no concurso de máscaras “Pequenos heróis contra o vilão coronavírus”. A intenção da competição, segundo o ministério, foi incentivar as crianças na utilização das máscaras faciais de forma lúdica e fortalecer as relações familiares. Um dos requisitos da competição foi que a atividade fosse feita em conjunto e com o apoio de um responsável legal.

Ao ver a iniciativa nas redes sociais, a proposta foi feita pela mãe, Letícia Cassaro Bonicenha, e logo aceita pela pequena. “Ela mesmo que fez a máscara, ajudei com garrafa pet e o tecido. Fizemos o cadastro e enviamos em maio. O resultado saiu na última sexta (26) e acompanhamos pela internet a divulgação. Nem acreditamos no momento”, conta a mãe.

A vencedora não esconde a felicidade e conta a ideia da máscara. “”, revela Hellen.

A família mora em São José da Bela Vista, localidade que fica a 20 km da sede de Conceição do Castelo. Além de Hellen, outras três crianças também vão passar uma tarde no Palácio da Alvorada, na companhia da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e da ministra Damares Alves. As crianças irão acompanhadas de um responsável. O passeio ainda não tem data definida.

Os selecionados confeccionaram máscaras com os temas Dinossauro T-Rex, Princesas, Vaquinhas e Super-heróis. As crianças premiadas foram a primeira e a segunda colocadas de cada grupo, dividido em duas categorias: uma delas destinada a quem tem até 6 anos de idade e outra a participantes entre 6 e 12 anos incompletos.

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.agazeta.com.br

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *