Uncategorized

Estudante cria máscara que cobre todo o rosto e protege da Covid-19 – Revista Marie Claire

Blog Giga Medical

Parnika Saxena (Foto: Reprodução )

Parnika Saxena (Foto: Reprodução )

Parnika Saxena, estudante de 16 anos da Thomas Jefferson Escola de Ciência e Tecnologia, localizada no Condado de Fairfax, na Virgínia, nos Estados Unidos decidiu canalizar sua energia para fazer algo produtivo durante o período de isolamento. Ela decidiu combinar sua experiência na sala de aula e no Clube de Nanotecnologia com outras pesquisas para propor a criação de máscaras de grafeno que, se colocadas em prática, podem ajudar a diminuir a propagação do coronavírus.

A estudante foi uma das entrevistadas do progeto Geração Resiliencia da CNN, que tem como objetivo ouvir pessoas que se dedicama projetos de inovação. Em entrevista, Parnika conta que tem se dedicado ao estudo da nanotecnologia – a manipulação da matéria em uma escala extremamente pequena- e que através de suas pesquisas poderia usar seu conhecimentopara criar algo útil ao momento.

“Depois de assistir os trabalhadores da linha de frente fazerem máscaras mais eficazes e ouvir as lutas dos profissionais de saúde diretamente, percebi a grande necessidade de uma máscara leve que cubra todos os orifícios do rosto. Então, comecei a considerar os conceitos que aprendi no clube de nanotecnologia da minha escola e na aula de química, além de revisar vários artigos de pesquisa de revistas científicas. Várias semanas depois, desenvolvi a idéia de uma máscara de grafeno dopada com nitrogênio”, disse.

Ela continua explicando: “Embora nunca tenha sido feito antes, o conceito de uma máscara de grafeno dopado com nitrogênio não é tão radical. Por si só, o grafeno, que é um alótropo de carbono de camada única, é impermeável – de modo que nem mesmo um átomo de hélio pode passar. No entanto, quando o grafeno é dopado com nitrogênio, algumas ligações de carbono são quebradas no grafeno, abrindo assim os poros nanoscópicos. Esses poros permitem seletivamente o oxigênio entrar, teoricamente tornando as máscaras de grafeno respiráveis, mas agindo como uma barreira às partículas do Covid-19, que são maiores que os átomos de oxigênio”, finalizou.

Parnika Saxena ainda usou seu canal no YouTube para explicar melhor o seu projeto.



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte revistamarieclaire.globo.com

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *