Uncategorized

Uso de máscara passa a ser obrigatório em BH, passível de multa de R$ 100

Blog Giga Medical

Lei sancionada pelo prefeito Alexandre Kalil foi publicada nesta terça-feira no “Diário Oficial do Município” para evitar propagação da Covid-19

A lei para multar em R$ 100 quem não estiver usando máscara em Belo Horizonte começou a valer nesta terça-feira (14). A decisão foi divulgada no “Diário Oficial do Município”, e a reportagem de O TEMPO foi até a estação Diamante, no Barreiro, para verificar se os usuários estavam usando a proteção fácil. 

Além de funcionários da estação, agentes da Guarda Municipal atuam no local. Lá, passageiros e motoristas usavam máscaras. 

“Eu acho válida a multa. Se é para o bem de todos, a gente tem que usar a máscara. Essa doença está matando mesmo, inclusive a gente que já tem mais idade. Brasileiro é assim: quando pesa no bolso, ele preocupa”, afirmou o aposentado Odilon da Costa, de 72 anos.

Apesar de ser a favor da multa, o idoso ainda tem dúvidas de como ela será aplicada. “Se tiver o nome completo, o endereço, tem que multar mesmo. Fora isso, acho que não vai funcionar. Tem muitos aí que não vão pagar”, opinou. 

Antes de a multa ser aplicada, quem for flagrado sem a máscara será orientado a colocá-la. Caso insista em não usar, a aplicação poderá ser feita por fiscais e guardas municipais. 

Pessoas em situação de rua não serão multadas.

“Na minha opinião, não precisaria ter multa para pessoa usar máscara. Até porque está protegendo a ela mesma e ao próximo. As pessoas deveriam ter consciência, bom senso. Mas, se não há consciência, a multa é válida”, afirmou a esteticista Maria da Conceição, de 50 anos.

Estabelecimentos

Estabelecimentos autorizados a funcionar na capital também devem impedir a entrada e permanência de pessoas sem o uso da proteção sobre nariz e boca. Além disso, é necessário informar o número máximo de pessoas que podem ficar ao mesmo tempo dentro do imóvel. 

Caso descumpra as normas, o estabelecimento pode ter o alvará suspenso. 

Uso de hipoclorito

Durante o tempo em que a reportagem esteve na estação Diamante, um funcionário passou realizando a higienização do chão, barras e muretas de proteção. 

Segundo a equipe do local, a ação é realizada de uma em uma hora, usando hipoclorito para desinfetar as áreas.



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.otempo.com.br

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *