Uncategorized

VIGILÂNCIA SANITÁRIA FISCALIZA COMÉRCIO DO PRIMEIRO E SEXTO DISTRITO

Blog Giga Medical

Foto: Gerson Peres

Na última semana, a Vigilância Sanitária e a Secretaria de Ordem Pública de Magé, visitou estabelecimentos comerciais no primeiro e sexto distrito, fiscalizando o cumprimento das medidas preventivas  definidas nos decretos municipais de retomada dos serviços nesse período de pandemia.

“Estamos realizamos uma inspeção em diversos estabelecimentos como lojas de roupas, eletroeletrônicos e eletrodomésticos, farmácias, restaurantes, lojas de departamentos entre outras categorias, e verificando se estão se adequando à nova rotina com o uso do termômetro para aferir a temperatura dos clientes, álcool em gel 70% e tapete sanitizante no acesso”, explicou o coordenador da Vigilância Sanitária de Magé, Carlos Alberto Moraes.

A Vigilância Sanitária está visitando os estabelecimentos para instruir e orientar sobre como podem adotar as medidas de prevenção à Covid-19. O comércio que já está seguindo todos os protocolos deve permanecer, e quem não está seguindo é notificado a se adequar em cinco dias, através de um termo de intimação. Após o prazo, se não cumprirem as determinações, podem ser notificados por auto de infração, multa ou termo de interdição.

O estabelecimento que for autuado pode recorrer à Secretaria de Saúde, onde será avaliado pela Procuradoria Geral do Município. Após o processo, tem 48 horas para se adequar às medidas estabelecidas nos decretos municipais, e assim reabrir suas portas ao público, sob o risco de receber multa ou medida socioeducativa.

O decreto municipal nº 3.365/20 prevê que todos os estabelecimentos comerciais e atividades liberadas ficam obrigados a instalar tapetes sanitizantes para higienização dos sapatos na entrada, e devem proceder com a aferição de temperatura com o uso de termômetro eletrônico, mantendo distância segura dos clientes e funcionários, e proibindo a entrada de pessoas com temperatura aferida maior que 37,8°C e ainda o uso obrigatório de máscara no acesso e durante toda a sua permanência.

Foto: Gerson Peres

Se os estabelecimentos liberados para funcionar, não estiverem cumprindo as medidas dispostas nos decretos, o cidadão pode denunciar diretamente no prédio da Secretaria de Saúde, no setor da Vigilância Sanitária ou via whatsapp nos telefones (21) 98914-0073 e (21) 98473-7710 da Secretaria de Ordem Pública que vai verificar a denúncia e adotar medidas necessárias.

Texto: Philipe Campos

 

 

 

 

 

 

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte mage.rj.gov.br

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *