Uncategorized

Sertanejo Cauan se emociona e diz que teve medo de morrer – Só Notícias

Blog Giga Medical

Após ficar oito dias internado na UTI, Cauan concedeu entrevista ao programa “Encontro”, com Fátima Bernardes. Muito emocionado ele admitiu que teve medo de morrer e que pensou que, se isso acontecesse em determinado momento da internação “seria vantagem”. Ele aproveitou para agradecer a todos que torceram por sua recuperação.

“Eu tive dois momentos muito difíceis, que eu fiquei com muito medo. Dois específicos que me lembro, que não sei nem explicar o que eu senti. Às vezes eu pensava que se eu morresse era vantagem. Mas Deus me deu força, muita gente orando e me passando coisas boas. Fui melhorando, não só fisicamente. Teve alguma coisa dentro de mim, uma força que veio me mudando. Eu não consigo explicar, cheguei pro meu irmão e falei: ‘Fernando, me ajuda, cara. O que eu faço?’. Ali eu tinha certeza que eu não tinha mais saída. É até estranho, me deu uma coisa ruim, mas parecia que eu preferia morrer. Eu tinha comprado o oxímetro e por orientação do meu irmão médico, ele falou que se eu estivesse com saturação abaixo de 93 eu teria de ir pro hospital. Já estava com a doença, e eu não queria ir. A saturação já estava abaixo e eu respirava fundo, botava o oxímetro de novo pra não dar o braço a torcer e não ter que ir pro hospital. Já sabia que se eu fosse ia ter que ficar internado. Mas não teve jeito. Na UTI, usava uma máscara e um cateter de alto fluxo de oxigênio. No quarto, você usa esse oxigênio que é mais brando e está bem leve. Já estou praticamente livre dele. Consigo tomar banho, às vezes para comer não uso. E a saturação já acusa que estou conseguindo ter parâmetros praticamente normais. Mas ainda estou no finalzinho. Eu quero aproveitar a oportunidade e agradecer às pessoas que oraram por mim. Eu não mereço coisa dessas. O tanto de coisas ruins que a gente fez, todo mundo, ninguém é perfeito, mas as pessoas cuidaram de mim. Tive enfermeiras que cuidaram da minha vida como se eu fosse um filho delas, e me emociono, tinha uma enfermeira que colocava a máscara em mim e eu não suportava, e arrancava. E ela colocou, eu dormindo à noite, e eu dormi com a máscara, com ela segurando para mim. Quando acordei, arranquei de novo. Ela conversou comigo, me acalmou… Coisas que às vezes nem um pai com muito amor faz pelo filho. Não foi fácil, muita dor, mas vou sair muito melhor”, disse Cauan.

Em nota, a assessoria da dupla Cleber e Cauan, informou que os pais de Cauan seguem internados e que seu pai teve uma piora no quadro clinico.

“O pai do Cauan (João Luiz Máximo) continua na UTI, em estado grave, teve discreta piora clínica e de exames de laboratório, mantém-se dependendo de oxigenioterapia contínua (24h/dia), usando máscara de VNI e CAF. Teve febre na noite passada. A mãe de Cauan (Shirlei Máximo) continua internada em apartamento, teve febre e continua fazendo uso de vários medicamentos e fisioterapia. Ela também está estável e respirando com necessidade esporádica de oxigênio, sem alterações importantes do quadro.”



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.sonoticias.com.br

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *