Uncategorized

Hospital do ES recebe certificação máxima de limpeza e esterilização

Blog Giga Medical

Hospital Santa Rita
Hospital Santa Rita. Crédito: Fernando Madeira

O Hospital Santa Rita acaba de receber a certificação Black Diamond (Diamante Negro), da 3M, um Programa de Qualidade Assegurada de Limpeza e Esterilização, que reconhece hospitais que adotam boas práticas no Centro de Material e Esterilização (CME). O certificado foi entregue ontem, dia 29. O programa tem o objetivo de contribuir para a qualidade e segurança nos processos, o que é fundamental para redução dos riscos de infecção hospitalar.

Carlos Clayton Lobato, diretor Geral do Santa Rita, acrescenta que o Hospital está na categoria máxima, pois atingiu 100% dos requisitos da avaliação básica e plus. Esses requisitos compreendem capacitação técnica da equipe, protocolos seguidos, cumprimento de resoluções, recursos tecnológicos, informações e diretrizes internacionais.

PARCERIA DE SUCESSO

Cátia Horsts e Jaciara Pinheiro, CEOs da Rophen Consultoria, e Tatiana Tristão, diretora administrativa na Realcafé, fecharam uma parceria de sucesso que ajuda os funcionários da indústria de café a realizarem uma transição segura para a aposentadoria. O Programa de Preparação para o Amanhã (PPA) conta com acompanhamento de psicólogos e profissionais de recursos humanos, que auxiliam os futuros aposentados a planejarem esta nova fase. A primeira turma de veteranos participou de vários encontros ao longo de quase dois anos e foram homenageados por diretores do grupo e colegas de trabalho em evento realizado em Vitória.

JANTAR GREGO

Taiana Paste e Kaiky Plaster
Taiana Paste e Kaiky Plaster: em noite gastronômica na Ilha. Crédito: Pedro Melo
Os irmãos Felippe e Fred Oliveira com as amadas Sarah Esteves e Yasmin Moyses
Os irmãos Felippe e Fred Oliveira com as amadas Sarah Esteves e Yasmin Moyses. Crédito: Pedro Melo
As irmãs Tatiana e Thais Bresciane
As irmãs Tatiana e Thais Bresciane. Crédito: Pedro Melo

ESTÉTICA 

 Rubia Tannure, formada em Relações Internacionais e atuando há 15 anos com exportação de Rochas Ornamentai, se prepara para inaugurar a sua segunda franquia da Botoclinic, maior rede de harmonização facial do país, durante a pandemia, no Shopping Vila Velha, no esquema soft opening a partir do dia 3 de novembro. No dia 17, será a inauguração oficial com coquetel para convidados. Rubia também é a responsável pela franquia do Shopping Mestre Álvaro, na Serra, aberta em março deste ano.

VERÃO 2021

Renata Vervloet numa das criações de beachwear da estilista da Soleil, Betina Aguiar. O verão promete ser de cores vibrantes que remetem à energia positiva
Renata Vervloet exibe uma das peças da nova coleção de beachwear da estilista Betina Aguiar. O ensaio fotográfico foi na Praia do Forte, na Bahia. Crédito: Carol Machado

FÓRUM LIBERDADE E DEMOCRACIA

A Marca Ambiental, empresa capixaba pioneira no gerenciamento de resíduos, patrocina o 8° Fórum Liberdade e Democracia de Vitória. Na última edição, no ano passado, a empresa implementou a gestão dos resíduos gerados durante o evento, envolvendo a coleta seletiva no local com a disposição de lixeiras para recicláveis e não recicláveis, além da coleta, transporte, reciclagem e disposição final dos resíduos. “Essa iniciativa é um excelente meio de educar, quando falamos sobre sustentabilidade ambiental, sobretudo em um evento tão importante como esse”, pontua Mirela Souto, gestora de comunicação da Marca. O Fórum, considerado o maior debate de ideias do Estado, é realizado pelo Instituto Líderes do Amanhã. Será nos dias 5 e 6 de novembro, no Centro de Convenções de Vitória.

CASAMENTO

Casamento dos chefs Ari Cardoso e Chayane Lavagnoli, em Pedra Azul
Os chefs Ari Cardoso e Chayane Lavagnoli se casaram na Pousada Rabo do Lagarto,  em Pedra Azul. Crédito: Brenda e Cristiano

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.agazeta.com.br

Related Posts

Abaixo, o G1 reúne o que se sabe, até agora, sobre o incêndio que provocou a morte de duas mulheres e um terceiro paciente não identificado, e também esvaziou uma das unidades de saúde mais importantes do estado.

As duas mulheres que morreram após o incêndio eram pacientes em estado grave internadas no 3º andar do Prédio 1. No espaço destinado a pessoas infectadas pelo novo coronavírus, estavam 23 pacientes hospitalizados quando o fogo começou.

Houve ainda uma terceira morte confirmada pelo Ministério da Saúde na terça à noite, mas não foram divulgadas mais informações sobre a vítima.

Dois pacientes morrem durante incêndio em hospital do Rio de Janeiro

Dois pacientes morrem durante incêndio em hospital do Rio de Janeiro

O filho de Núbia, Patrick Machado, afirmou à TV Globo que a mãe tinha uma saúde boa, sem comorbidades, mas que começou a se sentir mal na quarta-feira (21), com sintomas do novo coronavírus. Depois, o estado de saúde dela piorou.

Núbia chegou a ser transferida para o Prédio 2, mas não suportou a troca de local e morreu.

Pacientes foram retirados às pressas do Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio — Foto: Reginaldo Pimenta/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

A segunda vítima, uma idosa de 83 anos, não teve a identidade revelada. A assessoria do hospital informou que ela estava no CTI coronariano da unidade já em estado grave. Ela também não teria suportado a transferência e morreu.

A direção do Hospital Federal de Bonsucesso informou que o fogo começou no subsolo do Prédio 1, por volta das 9h45. No local, segundo o comunicado, ficava o almoxarifado da unidade de saúde, com mais de 30 mil fraldas descartáveis guardadas. Essa seria uma explicação para a dificuldade dos bombeiros em controlar as chamas.

Incêndio atinge o Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio

Incêndio atinge o Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio

O Prédio 1 é considerado o principal edifício do complexo hospitalar (veja abaixo o que funcionava em cada prédio). Lá funcionava a emergência e também ficavam pacientes internados. Além disso, era no edifício que eram realizados exames de imagem da unidade de saúde.

O Hospital Federal de Bonsucesso é composto por seis alas – duas delas tem internações.

  • Prédio 1 (onde começou o fogo): Emergência, internações e exames de imagem.
  • Prédio 2: Centro de atenção à mulher, à criança e ao adolescente
  • Prédio 3: Oncologia clínica e perícia médica
  • Prédio 4: Administração
  • Prédio 5: Laboratório, centro de estudos e residência médica
  • Prédio 6: Ambulatório

Incêndio no Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio de Janeiro — Foto: G1

Sem certificado dos bombeiros

‘Hospital não possui certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros’, diz comandante-geral

‘Hospital não possui certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros’, diz comandante-geral

A unidade, concluiu o comandante, “não possui certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros”.

“Eu já tinha conversado com o diretor do hospital. O hospital possui duas notificações e dois autos de infração junto à corporação. É muito difícil, quase impossível, interditarmos um hospital com aproximadamente 600 leitos”, contemporizou Monteiro.

Relatório indicava problemas

Bombeiros trabalham para controlar as chamas de hospital que pegou fogo em Bonsucesso, no Rio. — Foto: REUTERS/Ricardo Moraes

No documento, a Defensoria pediu que os gestores dessem explicações sobre a estrutura de combate a incêndios da unidade. Um relatório de abril deste ano indicava que o prédio tinha diversos problemas que poderiam se transformar em um grande incêndio.

Em outro ofício, a DPU solicitou ao Corpo de Bombeiros que apurasse as condições de funcionamento do hospital, e checasse principalmente se havia planos de gerenciamento de riscos e combate a incêndios e situações de pânico.

“O protocolo do estado é que, primeiramente, entre o Corpo de Bombeiro e a Defesa Civil apagando o incêndio e socorrendo as vítimas. Logo após, entra a Polícia Civil com todo o processo de perícia. A fase agora é de perícia. Após a perícia, podemos abrir inquérito para que possamos encontrar o que aconteceu”, comentou o governador.

VÍDEOS: os mais vistos do Rio na última semana

INCÊNDIO NO HOSPITAL FEDERAL DE BONSUCESSO