Uncategorized

‘Dr. Octopus’ se revolta ao ser roubado pelo ‘Homem-Aranha’ em SP: ‘Dão risada’ | Santos e Região

Blog Giga Medical

Um motoboy, cosplayer de Doutor Octopus, foi roubado durante uma entrega em Mongaguá, no litoral de São Paulo, por um assaltante que usava máscara de Homem-Aranha, personagem arqui-inimigo do vilão. A informação foi confirmada ao G1 nesta segunda-feira (1º). O criminoso levou a moto de Alexandre Vieira do Nascimento e também a mercadoria que ele carregava.

Junto com os filhos pequenos, o rapaz se fantasia de personagens de filmes da Marvel e participa de eventos solidários para ajudar crianças e adultos em situações vulneráveis. Há três anos, ele concilia o ‘trabalho’ de cosplayer ao de motoboy, do qual faz entregas para uma loja de peças de veículos, localizada em Itanhaém.

Na última semana, ele foi chamado para fazer uma entrega no bairro Flórida Mirim, em Mongaguá. “O cara pediu umas peças para a Rua Auri Verde. Quando eu cheguei na frente da casa, eu buzinei e não saiu ninguém. Buzinei de novo e quando eu olhei para traz o cara estava armado, justamente, ele usava a máscara do Homem-Aranha, não a de pandemia, a que pega a cara toda”, afirma.

Alexandre conta que o criminoso saiu do terreno ao lado do endereço que solicitou a entrega das peças. O ladrão saiu com a arma apontada para a vítima e vestindo a máscara de super herói. “Ele falou: ‘Perdeu, perdeu!’. Ele levou a minha moto, a maquininha de cartão e as mercadorias. Só não levou o meu capacete, a minha pochete e meu celular porque eu corri na hora”, explica.

Motocicleta foi levada por um criminoso usando máscara de Homem-Aranha, segundo a vítima — Foto: Arquivo pessoal

Ao ser questionado se acreditava que o ladrão o conhecia dos eventos em que trabalhou como Doutor Octopus, ele afirma acreditar que não e que foi uma mera e infeliz coincidência. Apesar do episódio traumático, Alexandre considera a situação inusitada.

“Eu comento com o pessoal e dão risada, porque é uma situação até engraçada ser roubado pelo Homem-Aranha, sendo que eu faço o inimigo dele”, diz a vítima. Logo após o crime, a Polícia Militar foi acionada pela vítima, que fez a denúncia.

Motocicleta já consta como roubada no sistema do Detran — Foto: Arquivo pessoal

Segundo o motoboy, ele só possui esse veículo para trabalhar e, apesar de prestar serviço para um estabelecimento, não tem vínculo empregatício com o local, já que é autônomo e ganha somente por entrega feita.

Para conseguir comprar uma nova motocicleta, o rapaz criou uma campanha online. “Era o meu ganha pão. Eu ganho R$ 7 por entrega e não tenho salário. Até agora eu estou sem trabalhar. Amanhã eu volto a trabalhar, provisoriamente, com a moto do meu cunhado, até eu conseguir juntar o dinheiro todo para comprar outra moto”, finaliza.

O G1 entrou em contato com a polícia para falar sobre o assunto. Até o fechamento desta reportagem, porém, o suspeito ainda não havia sido localizado.

VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte g1.globo.com

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *