Covid-19. Sabia que a partir dos 10 anos é obrigatório o uso de máscara?

Blog Giga Medical

O uso de máscara – assim como a lavagem das mãos, a etiqueta respiratória e o distanciamento social – foi um conceito que os portugueses (e as populações de todo o mundo) tiveram de adquirir com a chegada da pandemia da Covid-19. Neste seguimento, o Serviço Nacional de Saúde (SNS), decidiu desfazer uma dúvida: “Sabia que a partir dos 10 anos de idade é obrigatório o uso de máscara?”

Este aviso, feito através das redes sociais, frisa ainda que “o uso obrigatório de máscara em espaços públicos é uma medida preventiva fundamental para reduzir o risco de exposição e transmissão da doença”. 

De lembrar que a Assembleia da República aprovou, no passado dia 23 de outubro, o projeto-lei do PSD que impõe o uso obrigatório de máscara em espaços públicos durante 70 dias, uma medida que poderá ser renovada. 

Depois de ter sido votado na generalidade, o diploma foi de seguida aprovado em votação final global, contando com os votos favoráveis do PSD, PS, CDS e PAN. PCPPEV, BE e a deputada Joacine Katar Moreira (ex-Livre) optaram pela abstenção. Iniciativa Liberal votou contra. O deputado único do Chega esteve ausente na votação.

O diploma determina que é obrigatório o uso de máscara – que não pode ser substituída por viseira – aos maiores de dez anos para o acesso, circulação ou permanência nos espaços e vias públicas “sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável”.

Pode haver dispensa desta obrigatoriedade “em relação a pessoas que integrem o mesmo agregado familiar, quando não se encontrem na proximidade de terceiros” ou mediante a apresentação de um atestado médico de incapacidade multiusos ou declaração médica que ateste que a condição clínica ou deficiência cognitiva não permitem o uso de máscaras.

Também não é obrigatório o uso de máscara quando tal “seja incompatível com a natureza das atividades que as pessoas se encontrem a realizar”.

A fiscalização “compete às forças de segurança e às polícias municipais” e o incumprimento do uso de máscara constitui contraordenação, sancionada com coima entre os 100 e os 500 euros.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.noticiasaominuto.com

Bahia tem 352 mil novos casos e 7,6 mil óbitos durante a pandemia

Blog Giga Medical

Foto: Creative Commons
Foto: Creative Commons

 

A Bahia registrou, nas últimas 24 horas, 1.423 novos infectados pelo novo coronavírus e 1.614 pacientes foram recuperados. O boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do estado (Sesab) confirmou que 29 óbitos foram causados pelo novo coronavírus.

No geral, a Bahia soma 352.700 casos confirmados e 7.600 vítimas fatais – a taxa de letalidade é de 2,15%. Do total de pacientes, 337.785 estão recuperados e 7.315 encontram-se ativos. Um total de 28.927 profissionais da saúde testaram positivo para Covid-19.

Daqueles doentes que permanecem com a Covid-19, 6.386 seguem com acompanhamento e tratamento domiciliar. Em 929 situações há internamento hospitalar – 491 em terapia intensiva.

A taxa de ocupação hospitalar nesta sexta-feira (30) está em 46% -, com preocupação maior em enfermaria pediátrica, que tem 37 dos 46 leitos disponíveis ocupados (76%). Em Salvador, a taxa de ocupação é de 52%. Na capital, a enfermaria pediátrica preenche 35 das 37 vagas (94,5%).



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte bahia.ba

Merkel considera irresponsáveis manifestações anti-máscara

Blog Giga Medical

“Mentiras e desinformação, conspiração e ódio não afetam só o debate democrático, mas também a luta contra o vírus”, disse a chanceler, no seu discurso no parlamento, um dia depois de ser anunciado o encerramento de restaurantes e locais de lazer a partir de segunda-feira para conter a segunda onda de infeções.

Os deputados do partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD), a terceira maior força política no Bundestag (câmara baixa do parlamento), manifestaram-se contra as novas medidas anunciadas na quarta-feira, gritando durante o discurso de Angela Merkel.

A situação obrigou o presidente do Bundestag, Wolfgang Schäuble, a interromper a intervenção da chanceler para restaurar a ordem, ameaçando os deputados com sanções.

“O que é cientificamente falso deve ser claramente designado como tal”, insistiu a chanceler, cientista de formação, quando retomou o seu discurso.

“O populismo não é apenas irrealista, é também irresponsável”, acrescentou, garantindo que as medidas tomadas foram “adequadas, necessárias e proporcionais”.

Desde o verão, foram realizadas, na Alemanha, várias manifestações “anti-máscaras” e contra medidas sanitárias drásticas para conter a epidemia.

Em Berlim, os protestos chegaram mesmo a colocar em causa a segurança do Bundestag, quando alguns ativistas forçaram as barreiras de segurança para tentar entrar no parlamento, o que chocou o país.

No domingo, uma manifestação teve de ser dispersada pela polícia, enquanto o presidente da AfD, Alexander Gauland, denunciava aquilo que considera ser “propaganda de guerra” do Governo alemão sobre a pandemia.

No seu discurso, Merkel sublinhou ainda que considera essencial evitar o encerramento das fronteiras na Europa e manter a livre circulação de mercadorias e pessoas.

Devemos “manter ao mínimo a pressão sobre o mercado interno e o sistema Schengen“, o espaço sem fronteiras dentro da União Europeia, defendeu.

A cooperação entre os parceiros europeus, acrescentou, deve incluir o fornecimento de vacinas e negociações para chegar a acordo sobre “um regime de teste comum e de quarentenas” para viagens transfronteiriças dentro da União Europeia.

A cooperação ao nível da comunidade é essencial e não apenas para ultrapassar o covid-19, referiu a chanceler.

“Sabemos que a nossa ação a nível europeu relativamente à pandemia decidirá não só a saúde dos nossos cidadãos e das nossas economias, mas também terá uma influência significativa na forma como a capacidade de resposta da Europa e a legitimidade da sociedade europeia serão julgadas em todo o mundo”, argumentou.

Considerada o “bom aluno” da Europa durante a primeira onda de coronavírus, na primavera, a Alemanha registou um aumento muito grande de infeções nas últimas semanas.

Embora os números continuem muito abaixo dos registados em França ou em Espanha, alcançaram hoje o recorde de 16.774 novos casos de covid-19 em 24 horas, com mais 89 mortes, anunciou o Instituto Robert Koch, acrescentando que o número de casos ativos aumentou para 131.500.

Segundo a entidade responsável na Alemanha pelo controlo e prevenção de doenças, o número total de infetados com o novo coronavírus desde o anúncio do primeiro contágio no país, no final de janeiro, é de 481.013, incluindo 10.272 mortos.

Angela Merkel anunciou na quarta-feira o encerramento parcial, durante quatro semanas, de restaurantes, bares e teatros devido ao elevado aumento de casos, medida acordada entre o Governo e os poderes regionais.

Ao longo de novembro, será também proibida a oferta cultural, mantendo-se abertas as escolas e o comércio, “enquanto for possível”.

Merkel sublinhou que deverão ser limitados ao mínimo os contactos sociais e as reuniões entre pessoas que não convivem, adiantando que as restrições entrarão todas em vigor a 02 de novembro com o objetivo de “evitar uma emergência sanitária nacional” face ao avanço da pandemia do novo coronavírus.

Por outro lado, prosseguiu, todas as competições desportivas profissionais decorrerão sem púbico a partir de segunda-feira.

O Governo alemão também anunciou hoje um novo programa de ajuda de emergência, que poderá atingir os 10.000 milhões de euros, para apoiar os setores económicos afetados pelo endurecimento das restrições na luta contra a pandemia.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 44 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.noticiasaominuto.com

Enfermeiro agredido no metro por chamar a atenção de pessoas sem máscara

Blog Giga Medical

Um enfermeiro foi agredido no metro de Londres depois de chamar a atenção de três passageiros que não usavam máscara.

O profissional do Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS) foi agredido momentos antes de ser atirado para fora da carruagem do metro.

Segundo o The Independent, o homem sofreu lesões num olho e no queixo.

A agressão aconteceu no sábado mas só agora a foi tornada pública, e numa altura em que a polícia conseguiu a imagem de uma das pessoas que terá estado envolvida na agressão.

O homem que pode ver na fotografia acima está a ser procurado pelas autoridades.

Dados oficiais do Reino Unido dão conta de que já foram multadas cerca de 500 pessoas no país por não usarem máscara em espaços públicos.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.noticiasaominuto.com

Inscrições para processo seletivo do Hospital Leonardo da Vinci terminam nesta quarta-feira, 28 | Economia O POVO

Blog Giga Medical


Hospital Leonardo da Vinci (Foto: Aurelio Alves)
Hospital Leonardo da Vinci (Foto: Aurelio Alves)

Terminam nesta quarta-feira, 28, as inscrições para o processo seletivo para o Hospital Leonardo da Vinci (HLV), em Fortaleza. Ao todo são 662 vagas para ampla concorrência e 79 destinadas para Pessoas com Deficiência, distribuídas entre 41 funções. Os salários variam entre R$ 1.081,45 e R$ 9.405,00. Os interessados devem realizar as inscrições por meio do site da Dédalus Concursos.

O preenchimento das vagas é composto por nível médio técnico e nível superior de ensino, sendo a taxa de inscrição no valor de R$ 60 para cargos de nível médio técnico e R$ 120 para nível superior. As provas serão divididas em dois dias. Para os cargos de assistência médica, as provas ocorrerão no dia 8 de novembro, enquanto para aos demais cargos ficam para o dia 6 de dezembro.

Em virtude da pandemia da Covid-19, o Governo do Ceará solicitou a reativação do Hospital Leonardo da Vinci para o combate à doença no Estado. Idealizado para ser um equipamento temporário a rede de hospitais no enfrentamento do coronavírus, hoje a unidade hospitalar segue para a atendimento mesmo após a crise sanitária encerrar, como confirmou a Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa). Atualmente, o HLV além de atender os pacientes com Covid-19 também passa a realizar cirurgias relacionadas a outras enfermidades.

A organização da seleção está tomando as medidas protetivas e preventivas durante o processo de seleção em virtude da pandemia do novo coronavírus. As medidas podem incluir alteração no cronograma; fracionamento na aplicação das provas em datas e em horários distintos, dentre outra ações a serem publicadas no edital, conforme o Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), responsável pelo processo de seleção.

Confira os cargos:

Nível técnico

Auxiliar administrativo, conferencista de roupa, controlista de acesso, motorista administrativo, recepcionista, técnico de segurança do trabalho, auxiliar de equipamentos biomédicos, auxiliar de farmácia, auxiliar de laboratório, copeiro hospitalar, motorista de ambulância, técnico de enfermagem, técnico de enfermagem para transporte, técnico de enfermagem do trabalho, técnico de equipamentos biomédicos, técnico de laboratório, técnico de radiologia.

Nível superior

Analista de RH, assistente administrativo, assistente financeiro, engenheiro de segurança do trabalho, analista clínico, assistente social, enfermeiro, enfermeiro terapeuta, enfermeiro do trabalho, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo hospitalar, médico anestesista, médico cirurgião geral, médico clínica médica, médico hematologista, médico infectologista, médico terapia intensiva adulto e médico radiologista.

Cadastro de reserva

Engenheiro clínico e tecnólogo em construção civil.

Serviço:

Processo Seletivo – Hospital Leonardo da Vinci (HLV)
Inscrições: Dédalus Concursos 
Período: 15 a 28 de outubro
Confira edital

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.opovo.com.br

O seguro em tempos de pandemia – Economia

Blog Giga Medical

O ano de 2020 será paradigmático. A pandemia do novo coronavírus é o maior cataclismo desde a Segunda Guerra Mundial. Nenhum outro momento teve o seu impacto social e econômico. As análises mostram um cenário no mínimo assustador. Estados Unidos, União Europeia e Japão, no final da pandemia, deverão estar mais ou menos onde estavam antes de 2019, ao passo que a China deve crescer 10% no período.

Além disso, a China, com sua vacina testada, entre outros lugares no Brasil, começa a se destacar como uma das maiores forças na indústria química e farmacêutica, aumentando consideravelmente sua influência e suas relações comerciais com países até agora na órbita ocidental.

Pelo tamanho de sua economia, os maiores bancos e maiores seguradoras, se já não são, em pouco tempo serão chineses. E o mesmo vale para a indústria automobilística, que vem se somar à indústria têxtil e à de material hospitalar. Como se não bastasse, o país se consolida como o maior importador de alimentos e minérios. Quer dizer, o mundo pós-pandemia será um mundo com a China mais presente e ativa na ordem internacional.

Mas o que aconteceu até aqui nos diferentes setores econômicos dos diferentes países? Com certeza os impactos da pandemia não são iguais, ou mesmo semelhantes, tanto no que se refere às nações, como no que se refere aos diferentes setores econômicos de cada uma.

Entre os setores com resultados bastante variados no primeiro semestre de 2020, o setor de seguros aparece em lugar de destaque. De lucros expressivos a prejuízos consideráveis em razão da pandemia, a atividade tem de tudo.

Os planos de saúde privados, ao contrário do que o leigo poderia imaginar, tiveram um primeiro semestre bastante positivo. A pandemia restringiu violentamente o uso dos planos para todos os procedimentos não vinculados à covid-19. 

Tudo que não fosse emergência foi deixado para depois, e esse momento está começando a tomar vulto apenas agora, o que quer dizer que o ano de 2020 pode ser um ano de bons resultados para grande parte dos planos de saúde privados.

Mas a pandemia fez mais. O isolamento social, que no começo do processo foi respeitado, reduziu drasticamente o número de acidentes de veículos, garantindo um resultado mais do que satisfatório para as seguradoras fortemente dependentes do seguro de automóveis.

Mesmo com a queda na venda de seguros novos, porque a produção caiu para patamares comparáveis ao início da indústria automotiva no País, a redução das indenizações compensou com folga a queda do faturamento.

Mas se teve quem ganhou dinheiro no primeiro semestre, teve também quem mal e mal empatou e quem perdeu. A crise decorrente da pandemia reduziu a atividade econômica para patamares muito baixos, gerando uma enorme quebradeira de empresas e o aumento do desemprego, que já estava em patamar muito alto.

O empobrecimento da sociedade brasileira é evidente e, se for dolarizado, atinge valor expressivo. E o quadro só não está pior porque o auxílio emergencial pago pelo governo vai segurando as pontas e impedindo o agravamento da crise social, que tem tudo para mostrar a cara tão logo o auxílio deixe de ser pago.

Várias seguradoras dependem justamente do público mais atingido para tocar o grosso de seus negócios. Estas sentiram rapidamente o impacto da pandemia. A contratação de seguros novos caiu, a renovação dos seguros existentes caiu e a inadimplência dos segurados cresceu ao longo de todo o primeiro semestre. E o quadro não deve sofrer grandes alterações nos próximos meses e mesmo ao longo de 2021.

Como a sinistralidade dos seguros de veículos deve subir e a venda de apólices novas continuará fraca, a situação das seguradoras que atuam na carteira ficará menos confortável. E o mesmo vale para as operadoras de planos de saúde privados. A volta do uso intensivo dos planos já está em curso, elevando os custos, enquanto a perda de segurados deve causar impacto no faturamento. 

Ninguém espera uma grave crise no setor, mas 2021 será um ano que demandará cuidados.

SÓCIO DE PENTEADO MENDONÇA E CHAR ADVOCACIA E SECRETÁRIO-GERAL DA ACADEMIA PAULISTA DE LETRAS



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte economia.estadao.com.br

“Não há razão para me queixar”, diz Cláudio após uso máscara em programa

Blog Giga Medical

Depois dos recentes casos de Covid-19 que deixaram vários rostos da TVI em isolamento social, incluindo Cristina Ferreira, a emissão deste domingo do ‘Somos Portugal’ foi apresentada com os rostos da estação a usarem máscara. 

Esta foi a primeira vez que os apresentadores estiveram com a máscara, momento que Cláudio Ramos fez questão de destacar no fim de mais um dia de trabalho. 

“Retrato de um domingo feliz e seguro! Não vos posso dizer que é fácil fazer uma emissão em directo e de tantas horas com máscara. Se dissesse mentiria. Mas tenho a certeza que aos profissionais de saúde que estão dias seguidos com ela posta, custa muito mais. Que aos professores que estão a ensinar com ela custa muito mais…. E poderia mencionar aqui outros exemplos, por isso não há razão para me queixar”, começou por escrever na sua página de Instagram

Entreter com máscarasó uma nova maneira de fazer televisão. Os olhos estão à vista e Eles passam o que sinto! Obrigado aos que estiveram connosco”, rematou. 

Ver esta publicação no Instagram

… Retrato de um domingo feliz e seguro! . Não vos posso dizer que é fácil fazer uma emissão em directo e de tantas horas com máscara. Se dissesse mentiria. Mas tenho a certeza que aos profissionais de saúde que estão dias seguidos com ela posta, custa muito mais. Que aos professores que estão a ensinar com ela custa muito mais…. E poderia mencionar aqui outros exemplos, por isso não há razão para me queixar. Entreter com máscarasó uma nova maneira de fazer televisão. Os olhos estão à vista e Eles passam o que sinto! Obrigado aos que estiveram connosco  #euclaudio #claudioramos #saudeepazorestoouniversotraz

Uma publicação partilhada por Claudio Ramos (@claudio_ramos) a 25 de Out, 2020 às 2:28 PDT

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.noticiasaominuto.com

Saúde confirma outros 236 casos de Covid-19 no Tocantins – Conexão Tocantins

Blog Giga Medical

Foto: Divulgação

Segundo dados confirmados em Boletim Epidemiológico divulgado neste sábado, 24, pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), o Tocantins registrou outros 236 casos de Covid-19, sendo 82 das últimas 24 horas. O restante é de exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Dos 236 novos casos, 84 foram detectados por RT-PCR, 24 com sorologia e 128 através testes rápidos.

Atualmente, o Tocantins contabiliza 229.179 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 74.118 casos confirmados. Destes, 61.459 pacientes estão recuperados, 11.577 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 1.082 pacientes foram a óbito.

Os dados contidos no boletim são consolidados com resultados de exames realizados no Lacen e notificações recebidas dos municípios até as 23h59 do último dia. O Estado possui uma plataforma onde todos podem acompanhar os números da Covid-19 no Tocantins: http://integra.saude.to.gov.br/covid19



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte conexaoto.com.br

Máscara para tonificar o rosto. Só precisa de um ovo e de um iogurte

Blog Giga Medical

Tonificar o rosto não tem de ser uma tarefa dispendiosa. O uso constante de uma máscara de ovo natural pode ajudá-la.

Assim, para uma pele mais macia e limpa experimente esta máscara caseira:

Ingredientes:

  • 1 clara de ovo
  • 2 colheres de iogurte natural

Preparação e aplicação:

  • Bata uma clara de ovo e misture com duas colheres deiogurte natural
  • Espalhe a máscara no rosto lavado
  • Deixe atuar durante 30 minutose, para terminar, lavecom água fria



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.noticiasaominuto.com.br