Com 209 casos ativos, Iara tem maior saldo de covid-19 desde setembro

Blog Giga Medical

O nmero de casos ativos de covid-19 continua em crescimento. Atualmente Iara tem 209 pessoas em tratamento devido a doena. O maior saldo desde setembro corresponde a metade do registrado no pice da pandemia em agosto, quando chegou a 403 casos simultneos.

O boletim mais recente da Vigilncia Sanitria de Iara aponta seis pessoas em tratamento hospitalar e duas em terapia intensiva com o diagnstico j comprovado. Outras 199 pessoas esto sob suspeita, dentre elas, uma em tratamento hospitalar e uma em UTI. At agora, 11 moradores da cidade que contraram o coronavrus morreram.

O diagnstico positivo para o coronavrus de 1641 pessoas significa que pelo menos 2,91% da populao de Iara foi infectada. Em agosto, a cidade chegou a ter 70 casos confirmados em um nico dia. Na mdia, por vez, foram 24,8 casos por dia naquele ms. Em setembro a mdia caiu para 10,2 e em outubro para 5,8.

No Hospital So Donato, sete leitos esto atualmente ocupados para tratamento devido ao diagnstico ou suspeita de covid-19. H dois casos confirmados e um suspeito na Unidade de Terapia Intensiva. J na clnica, esto em tratamento outros dois pacientes com diagnstico confirmado e dois sob suspeita.



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.canalicara.com

Físico da região adapta máscara de mergulho para tratar pacientes com Covid

Blog Giga Medical

Atualmente professor da Universidade Federal, Jefferson Esquina Tsuchida, 37 anos, é da cidade de São Francisco, próximo a Jales, e leciona na Universidade Federal de Lavras, onde recebeu o convite para coordenar o desenvolvimento do projeto de adapta máscara de mergulho para tratamento de pacientes com Covid-19.

A ideia inicial veio do projeto desenvolvido na Itália, em que um médico buscou fazer a adaptação com uma modelagem da peça e impressão 3D. Os testes da universidade mineira começaram após a equipe de alunos da engenharia mecânica entrarem em contato com o fisioterapeuta respiratório de UTI e sentirem a necessidade de um item acessível e que de fato fosse entregue.

Em entrevista ao DLNews, o professor contou que a busca era por um projeto que fosse possível desenvolver. “Eles pesquisaram a respeito dessa máscara, vimos que era uma ideia muito boa e falamos com o pessoas da UTI da Santa Casa de Lavras”.

A adaptação do equipamento de mergulho nada mais é que a retirada do snorkel (parte usada para a respiração debaixo d’água) para que então sejam inseridas as mangueiras que dão acesso direto aos respiradores mecânicos usados em casos graves de Covid.

Algumas correias quem prendem a máscara à cabeça também foram substituídas. Isso porque, segundo Tsuchida, quando utilizada para máscara de mergulho, a pressão da própria água ajuda na fixação do equipamento ao rosto, o que não acontece enquanto respirador. “Agora a gente tem um sistema inverso, é o ar que está sendo inserido dentro da máscara e isso gera uma pressão que tende a tirar a máscara do rosto. Esse foi um dos problemas que tivemos que resolver e manter certinho, sem muitos vazamentos”, explicou.

Tanto em conforto, quanto em segurança e valor, a máscara adaptada supera as convencionais. “O nível de segurança é bem grande, pois a ideia do projeto é ajudar os profissionais de saúde”. O professor diz que no momento da expiração o ar vai diretamente para o respirador mecânico, onde é filtrado, então não tem contaminação no ambiente externo.

Testes mostraram que o índice de vazamento do equipamento é muito maior que a convencional devido a maior vedação no rosto do paciente. Além disso, a máscara garante maior conforto pois mantém espaço entre o equipamento e a face da pessoa, permitindo, inclusive, a comunicação.

Para produção de 20 adaptadores foi gasto cerca de R$ 6 mil com o material, que é a parte mais cara do processo. Isso porque uma certificação é necessária, além de equilibrar a rigidez com a maleabilidade para suportar quedas, por exemplo. Ainda assim, o valor médio das máscara pronta, na faixa de R$ 400, é menor que as máscaras convencionais, que giram em torno de R$ 1,5 mil a R$ 2 mil. 

Tsuchida explica que, em contrapartida do alto custo com material, a máscara em si é mais barata e exige apenas duas variações de tamanho, enquanto a convencional tem até cinco, o que encarece ainda mais o processo de produção.



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte dlnews.com.br

Covid-19. Sabia que a partir dos 10 anos é obrigatório o uso de máscara?

Blog Giga Medical

O uso de máscara – assim como a lavagem das mãos, a etiqueta respiratória e o distanciamento social – foi um conceito que os portugueses (e as populações de todo o mundo) tiveram de adquirir com a chegada da pandemia da Covid-19. Neste seguimento, o Serviço Nacional de Saúde (SNS), decidiu desfazer uma dúvida: “Sabia que a partir dos 10 anos de idade é obrigatório o uso de máscara?”

Este aviso, feito através das redes sociais, frisa ainda que “o uso obrigatório de máscara em espaços públicos é uma medida preventiva fundamental para reduzir o risco de exposição e transmissão da doença”. 

De lembrar que a Assembleia da República aprovou, no passado dia 23 de outubro, o projeto-lei do PSD que impõe o uso obrigatório de máscara em espaços públicos durante 70 dias, uma medida que poderá ser renovada. 

Depois de ter sido votado na generalidade, o diploma foi de seguida aprovado em votação final global, contando com os votos favoráveis do PSD, PS, CDS e PAN. PCPPEV, BE e a deputada Joacine Katar Moreira (ex-Livre) optaram pela abstenção. Iniciativa Liberal votou contra. O deputado único do Chega esteve ausente na votação.

O diploma determina que é obrigatório o uso de máscara – que não pode ser substituída por viseira – aos maiores de dez anos para o acesso, circulação ou permanência nos espaços e vias públicas “sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável”.

Pode haver dispensa desta obrigatoriedade “em relação a pessoas que integrem o mesmo agregado familiar, quando não se encontrem na proximidade de terceiros” ou mediante a apresentação de um atestado médico de incapacidade multiusos ou declaração médica que ateste que a condição clínica ou deficiência cognitiva não permitem o uso de máscaras.

Também não é obrigatório o uso de máscara quando tal “seja incompatível com a natureza das atividades que as pessoas se encontrem a realizar”.

A fiscalização “compete às forças de segurança e às polícias municipais” e o incumprimento do uso de máscara constitui contraordenação, sancionada com coima entre os 100 e os 500 euros.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.noticiasaominuto.com

Eleitores só poderão votar se estiverem usando máscara, avisa TRE-PB

Blog Giga Medical

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

A coordenadora da Corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Vanessa do Egito, afirmou que os eleitores só poderão ter acesso às seções de votação se estiverem usando máscara.

Ela destacou, durante entrevista à Rádio Correio FM, que a Justiça Eleitoral não vai disponibilizar máscaras para os eleitores, mas sim para os mesários, que vão precisar trocar diversas vezes durante o dia da votação.

“O eleitor só vai conseguir adentrar à seção se estiver de máscara. Sem máscara, nenhum eleitor vai poder votar”, frisou.

Segundo Vanessa, o eleitor vai poder contar com a facilidade de justificar a ausência na votação através do aplicativo e-Título, mas apenas se o mesmo estiver fora da sua zona de votação, ou seja, em outra cidade.

– No dia da votação só consegue justificar o eleitor que estiver fora do domicílio eleitoral. Fora do dia da votação, o eleitor tem 60 dias para justificar a ausência após a eleição – disse.



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte paraibaonline.com.br

Merkel considera irresponsáveis manifestações anti-máscara

Blog Giga Medical

“Mentiras e desinformação, conspiração e ódio não afetam só o debate democrático, mas também a luta contra o vírus”, disse a chanceler, no seu discurso no parlamento, um dia depois de ser anunciado o encerramento de restaurantes e locais de lazer a partir de segunda-feira para conter a segunda onda de infeções.

Os deputados do partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD), a terceira maior força política no Bundestag (câmara baixa do parlamento), manifestaram-se contra as novas medidas anunciadas na quarta-feira, gritando durante o discurso de Angela Merkel.

A situação obrigou o presidente do Bundestag, Wolfgang Schäuble, a interromper a intervenção da chanceler para restaurar a ordem, ameaçando os deputados com sanções.

“O que é cientificamente falso deve ser claramente designado como tal”, insistiu a chanceler, cientista de formação, quando retomou o seu discurso.

“O populismo não é apenas irrealista, é também irresponsável”, acrescentou, garantindo que as medidas tomadas foram “adequadas, necessárias e proporcionais”.

Desde o verão, foram realizadas, na Alemanha, várias manifestações “anti-máscaras” e contra medidas sanitárias drásticas para conter a epidemia.

Em Berlim, os protestos chegaram mesmo a colocar em causa a segurança do Bundestag, quando alguns ativistas forçaram as barreiras de segurança para tentar entrar no parlamento, o que chocou o país.

No domingo, uma manifestação teve de ser dispersada pela polícia, enquanto o presidente da AfD, Alexander Gauland, denunciava aquilo que considera ser “propaganda de guerra” do Governo alemão sobre a pandemia.

No seu discurso, Merkel sublinhou ainda que considera essencial evitar o encerramento das fronteiras na Europa e manter a livre circulação de mercadorias e pessoas.

Devemos “manter ao mínimo a pressão sobre o mercado interno e o sistema Schengen“, o espaço sem fronteiras dentro da União Europeia, defendeu.

A cooperação entre os parceiros europeus, acrescentou, deve incluir o fornecimento de vacinas e negociações para chegar a acordo sobre “um regime de teste comum e de quarentenas” para viagens transfronteiriças dentro da União Europeia.

A cooperação ao nível da comunidade é essencial e não apenas para ultrapassar o covid-19, referiu a chanceler.

“Sabemos que a nossa ação a nível europeu relativamente à pandemia decidirá não só a saúde dos nossos cidadãos e das nossas economias, mas também terá uma influência significativa na forma como a capacidade de resposta da Europa e a legitimidade da sociedade europeia serão julgadas em todo o mundo”, argumentou.

Considerada o “bom aluno” da Europa durante a primeira onda de coronavírus, na primavera, a Alemanha registou um aumento muito grande de infeções nas últimas semanas.

Embora os números continuem muito abaixo dos registados em França ou em Espanha, alcançaram hoje o recorde de 16.774 novos casos de covid-19 em 24 horas, com mais 89 mortes, anunciou o Instituto Robert Koch, acrescentando que o número de casos ativos aumentou para 131.500.

Segundo a entidade responsável na Alemanha pelo controlo e prevenção de doenças, o número total de infetados com o novo coronavírus desde o anúncio do primeiro contágio no país, no final de janeiro, é de 481.013, incluindo 10.272 mortos.

Angela Merkel anunciou na quarta-feira o encerramento parcial, durante quatro semanas, de restaurantes, bares e teatros devido ao elevado aumento de casos, medida acordada entre o Governo e os poderes regionais.

Ao longo de novembro, será também proibida a oferta cultural, mantendo-se abertas as escolas e o comércio, “enquanto for possível”.

Merkel sublinhou que deverão ser limitados ao mínimo os contactos sociais e as reuniões entre pessoas que não convivem, adiantando que as restrições entrarão todas em vigor a 02 de novembro com o objetivo de “evitar uma emergência sanitária nacional” face ao avanço da pandemia do novo coronavírus.

Por outro lado, prosseguiu, todas as competições desportivas profissionais decorrerão sem púbico a partir de segunda-feira.

O Governo alemão também anunciou hoje um novo programa de ajuda de emergência, que poderá atingir os 10.000 milhões de euros, para apoiar os setores económicos afetados pelo endurecimento das restrições na luta contra a pandemia.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 44 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.noticiasaominuto.com

Idosos em tratamento contra o câncer ganham “Dia de Príncipe e Princesa”

Blog Giga Medical

Aos 71 anos, a aposentada Maria Adelaide Santos vivenciou nesta quarta-feira (28) um dia especial na luta contra o câncer de mama. O Hospital Regional do Baixo Amazonas, em Santarém, no oeste do Pará, proporcionou um “Dia de Princesa” para a paciente, com direito a cuidados estéticos, almoço especial e ensaio fotográfico.

Para o militar aposentado Jurandir Rodrigues, 74 anos, em tratamento oncológico desde 2014 na unidade, o dia foi de “Príncipe”. Para ele, a iniciativa do hospital é de extrema importância, pois ameniza a ansiedade e até os efeitos da doença. “O Hospital Regional é como uma casa pra mim. Todo esse carinho me traz um bem-estar muito grande”, declarou o paciente. Jurandir Rodrigues e Maria Adelaide Santos ganharam cuidados e carinho

A ação foi idealizada pela equipe de humanização do Hospital Regional do Baixo Amazonas, em alusão às campanhas nacionais “Outubro Rosa” e “Novembro Azul: Juntos pela Vida”, que buscam conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce de câncer de mama e de próstata.

Apoio de voluntários – Esse dia especial na vida dos pacientes é um projeto desenvolvido no Hospital, com a participação de voluntários, como o espaço de estética Lia Spaço Corpo, que ensinou cuidados com a pele e ofereceu serviços de manicure e pedicure. “Isso tudo está fazendo muito bem para mim, para minha autoestima. Foi tudo uma grande surpresa. Estou muito feliz”, disse Maria Adelaide.A fotógrafa Vanessa Barros durante o ensaio com Jurandir Rodrigues

Para registrar o momento, a ação teve o apoio da fotógrafa Vanessa Barros, voluntária do Hospital, que fez o ensaio fotográfico de Maria Adelaide e de Jurandir, no Parque da Cidade.

O Dia de Príncipe e de Princesa é um dos projetos do HRBA, que integra a rede de hospitais públicos mantidos pelo Governo do Pará. O projeto visa tornar o ambiente hospitalar mais humanizado, acolhedor e propício à recuperação dos pacientes.Maria Adelaide no centro de estética recebendo cuidados nas sobrancelhas

Dia especial – Os pacientes foram recebidos pelo diretor Hospitalar do Regional do Baixo Amazonas, Herbert Moreschi; pela coordenadora de Saúde da Secretaria Regional de Governo do Oeste do Pará, Talita Liberal, e a coordenadora estadual de Saúde Bucal, Alessandra Amaral.Os pacientes com diretores do Hospital Regional do Baixo Amazonas

“Temos compromisso com uma assistência segura, de qualidade e humanizada. Seu Jurandir e dona Adelaide, hoje príncipe e princesa, representam todos os pacientes oncológicos que são atendidos no Hospital. É um dia especial para eles e para todos que atuam na unidade”, destacou o gestor.

Especializado em casos de média e alta complexidade, o Hospital Regional do Baixo Amazonas é referência em atendimento de oncologia e reconhecido como um dos dez melhores hospitais públicos do Brasil, situado em uma região com cerca de 1,3 milhão habitantes, distribuídos por 30 municípios. O HRBA é certificado com o Nível 3 – Acreditado com Excelência, concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA).



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.agenciapara.com.br

Suspensa distribuição de máscaras com propaganda eleitoral

Blog Giga Medical

Juiz manda coligação suspender distribuição de máscaras com propaganda eleitoral no município de Ivolândia (GO)

Satjawat Boontanataweepol

O juiz Márcio Antônio de Souza Moraes Júnior, do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás, decidiu acatar pedido da Coligação Força, União e Trabalho (DEM, PP, PDT e Cidadania) e determinou que seja suspensa imediatamente a entrega de máscaras de proteção facial no município de Ivolândia (GO) pelos candidatos da Coligação Renava Ivolândia (PTB, Podemos e PSC), sob pena de multa diária de R$ 5 mil em caso de descumprimento da decisão.

No pedido, os autores alegam que seus concorrentes distribuíram de forma massiva máscaras de proteção com slogan, nome e número dos candidatos da coligação Renova Ivolândia, o que contraria o artigo 38, parágrafo 1º da, Lei 9.504/97; e o artigo 21, parágrafo 1º, da Resolução 23.610/2019 do TSE.

Ao analisar o caso, o magistrado apontou que os candidatos, além de provocarem reprovável aglomeração no momento atual, também se encontraram cercados de pessoas utilizando a máscara de proteção facial contendo fotos, nomes, números, coligação e pedido de voto. O que, na visão do juiz, ressalta a fumaça do bom direito na pretensão dos autores.

“A proximidade do pleito eleitoral no dia 15 de novembro próximo, importa no risco de ineficácia da medida caso se mantenha a prática de distribuição de material aparentemente ilegal. Ante o exposto, entendo presentes os dois pressupostos para a concessão da medida liminar”, decidiu.

A Coligação Força, União e Trabalho (DEM, PP, PDT e Cidadania) foi representada pelos advogados Ricardo Moreira Pinto Miranda e Gabriel dos Santos Medeiros Borges.

Clique aqui para ler a decisão

0600892-98.2020.6.09.0000



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.conjur.com.br

Enfermeiro agredido no metro por chamar a atenção de pessoas sem máscara

Blog Giga Medical

Um enfermeiro foi agredido no metro de Londres depois de chamar a atenção de três passageiros que não usavam máscara.

O profissional do Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS) foi agredido momentos antes de ser atirado para fora da carruagem do metro.

Segundo o The Independent, o homem sofreu lesões num olho e no queixo.

A agressão aconteceu no sábado mas só agora a foi tornada pública, e numa altura em que a polícia conseguiu a imagem de uma das pessoas que terá estado envolvida na agressão.

O homem que pode ver na fotografia acima está a ser procurado pelas autoridades.

Dados oficiais do Reino Unido dão conta de que já foram multadas cerca de 500 pessoas no país por não usarem máscara em espaços públicos.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.noticiasaominuto.com

Pesquisadores criam máscara térmica que inativa o coronavírus – Notícias

Blog Giga Medical

Modelo reutilizável é feito a partir de malha de cobre aquecida a 90ºC revestida de material isolante térmico e alimentada por uma pequena bateria



Pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT, na sigla em inglês) desenvolveram uma máscara facial que inativa o novo coronavírus, causador da covid-19, ao invés de apenas filtrar durante o uso. O estudo foi descrito no ArXiv, plataforma voltada para artigos acadêicos.


Segundo os cientistas, trata-se de um conceito totalmente inovador. Isso porque uma bateria de 9 volts é responsável por fornecer energia para uma malha de cobre que é aquecida a 90º C, temperatura capaz de tornar o vírus inativo, ou seja, incapaz de causar a doença, segundo modelos matematicos criados pelos pequisadores.



Neste caso, a máscara não filtra as partículas no ar como os modelos convencionais. “Na verdade, permite que o vírus atravesse a máscara, mas o desacelera e desativa”, afirma o autor sênior do estudo engenheiro químico Michael Strano em artigo publicado no MIT News, jornal.



Segundo Strano, uma vantagem da máscara aquecida é que não precisa ser descontaminadas ou jogadas fora depois de usar pois o vírus já está desativado.


“A perspectiva de ser capaz de respirar ar clinicamente estéril e expirar ar medicamente estéril, protegendo as pessoas ao seu redor e protegendo a si mesmo, é apenas o próximo passo. É uma tecnologia melhor”, afirmou.


Para evitar que a parte externa da máscara ficasse quente demais para ser utilizada, eles revestiram a malha de cobre de neoprone, material isolante térmico muito utilizado para confeccionar roupas de surf, por exemplo.


*Estagiária do R7 sob supervisão de Pablo Marques

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte noticias.r7.com