Com Covid-19, ministro Eduardo Pazuello recebe alta hospitalar – Política

Blog Giga Medical


Além da desidratação, Pazuello relatou febre e dores de cabeça

Foto: Reprodução: O Dia

Além da desidratação, Pazuello relatou febre e dores de cabeça

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, recebeu alta hospitalar no fim da manhã deste domingo (1º), segundo informou a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde.

Pazuello estava internado desde a noite de sexta-feira (30), quando apresentou um quadro de desidratação em decorrência da Covid-19.

“Pazuello está bem e já recuperado do quadro de desidratação. O ministro será monitorado pela sua equipe médica das Forças Armadas até a total recuperação da Covid-19”, disse o Ministério da Saúde. Ainda de acordo com a assessoria, “não houve necessidade de medidas de suporte como suplementação de oxigênio”.

O ministro já tinha enfrentado um quadro de desidratação na última semana, quando foi diagnosticado com a Covid-19. Pazuello também relatou sentir febre e dores de cabeça.

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte ultimosegundo.ig.com.br

Físico da região adapta máscara de mergulho para tratar pacientes com Covid

Blog Giga Medical

Atualmente professor da Universidade Federal, Jefferson Esquina Tsuchida, 37 anos, é da cidade de São Francisco, próximo a Jales, e leciona na Universidade Federal de Lavras, onde recebeu o convite para coordenar o desenvolvimento do projeto de adapta máscara de mergulho para tratamento de pacientes com Covid-19.

A ideia inicial veio do projeto desenvolvido na Itália, em que um médico buscou fazer a adaptação com uma modelagem da peça e impressão 3D. Os testes da universidade mineira começaram após a equipe de alunos da engenharia mecânica entrarem em contato com o fisioterapeuta respiratório de UTI e sentirem a necessidade de um item acessível e que de fato fosse entregue.

Em entrevista ao DLNews, o professor contou que a busca era por um projeto que fosse possível desenvolver. “Eles pesquisaram a respeito dessa máscara, vimos que era uma ideia muito boa e falamos com o pessoas da UTI da Santa Casa de Lavras”.

A adaptação do equipamento de mergulho nada mais é que a retirada do snorkel (parte usada para a respiração debaixo d’água) para que então sejam inseridas as mangueiras que dão acesso direto aos respiradores mecânicos usados em casos graves de Covid.

Algumas correias quem prendem a máscara à cabeça também foram substituídas. Isso porque, segundo Tsuchida, quando utilizada para máscara de mergulho, a pressão da própria água ajuda na fixação do equipamento ao rosto, o que não acontece enquanto respirador. “Agora a gente tem um sistema inverso, é o ar que está sendo inserido dentro da máscara e isso gera uma pressão que tende a tirar a máscara do rosto. Esse foi um dos problemas que tivemos que resolver e manter certinho, sem muitos vazamentos”, explicou.

Tanto em conforto, quanto em segurança e valor, a máscara adaptada supera as convencionais. “O nível de segurança é bem grande, pois a ideia do projeto é ajudar os profissionais de saúde”. O professor diz que no momento da expiração o ar vai diretamente para o respirador mecânico, onde é filtrado, então não tem contaminação no ambiente externo.

Testes mostraram que o índice de vazamento do equipamento é muito maior que a convencional devido a maior vedação no rosto do paciente. Além disso, a máscara garante maior conforto pois mantém espaço entre o equipamento e a face da pessoa, permitindo, inclusive, a comunicação.

Para produção de 20 adaptadores foi gasto cerca de R$ 6 mil com o material, que é a parte mais cara do processo. Isso porque uma certificação é necessária, além de equilibrar a rigidez com a maleabilidade para suportar quedas, por exemplo. Ainda assim, o valor médio das máscara pronta, na faixa de R$ 400, é menor que as máscaras convencionais, que giram em torno de R$ 1,5 mil a R$ 2 mil. 

Tsuchida explica que, em contrapartida do alto custo com material, a máscara em si é mais barata e exige apenas duas variações de tamanho, enquanto a convencional tem até cinco, o que encarece ainda mais o processo de produção.



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte dlnews.com.br

Covid-19. Sabia que a partir dos 10 anos é obrigatório o uso de máscara?

Blog Giga Medical

O uso de máscara – assim como a lavagem das mãos, a etiqueta respiratória e o distanciamento social – foi um conceito que os portugueses (e as populações de todo o mundo) tiveram de adquirir com a chegada da pandemia da Covid-19. Neste seguimento, o Serviço Nacional de Saúde (SNS), decidiu desfazer uma dúvida: “Sabia que a partir dos 10 anos de idade é obrigatório o uso de máscara?”

Este aviso, feito através das redes sociais, frisa ainda que “o uso obrigatório de máscara em espaços públicos é uma medida preventiva fundamental para reduzir o risco de exposição e transmissão da doença”. 

De lembrar que a Assembleia da República aprovou, no passado dia 23 de outubro, o projeto-lei do PSD que impõe o uso obrigatório de máscara em espaços públicos durante 70 dias, uma medida que poderá ser renovada. 

Depois de ter sido votado na generalidade, o diploma foi de seguida aprovado em votação final global, contando com os votos favoráveis do PSD, PS, CDS e PAN. PCPPEV, BE e a deputada Joacine Katar Moreira (ex-Livre) optaram pela abstenção. Iniciativa Liberal votou contra. O deputado único do Chega esteve ausente na votação.

O diploma determina que é obrigatório o uso de máscara – que não pode ser substituída por viseira – aos maiores de dez anos para o acesso, circulação ou permanência nos espaços e vias públicas “sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável”.

Pode haver dispensa desta obrigatoriedade “em relação a pessoas que integrem o mesmo agregado familiar, quando não se encontrem na proximidade de terceiros” ou mediante a apresentação de um atestado médico de incapacidade multiusos ou declaração médica que ateste que a condição clínica ou deficiência cognitiva não permitem o uso de máscaras.

Também não é obrigatório o uso de máscara quando tal “seja incompatível com a natureza das atividades que as pessoas se encontrem a realizar”.

A fiscalização “compete às forças de segurança e às polícias municipais” e o incumprimento do uso de máscara constitui contraordenação, sancionada com coima entre os 100 e os 500 euros.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.noticiasaominuto.com

Bahia tem 352 mil novos casos e 7,6 mil óbitos durante a pandemia

Blog Giga Medical

Foto: Creative Commons
Foto: Creative Commons

 

A Bahia registrou, nas últimas 24 horas, 1.423 novos infectados pelo novo coronavírus e 1.614 pacientes foram recuperados. O boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do estado (Sesab) confirmou que 29 óbitos foram causados pelo novo coronavírus.

No geral, a Bahia soma 352.700 casos confirmados e 7.600 vítimas fatais – a taxa de letalidade é de 2,15%. Do total de pacientes, 337.785 estão recuperados e 7.315 encontram-se ativos. Um total de 28.927 profissionais da saúde testaram positivo para Covid-19.

Daqueles doentes que permanecem com a Covid-19, 6.386 seguem com acompanhamento e tratamento domiciliar. Em 929 situações há internamento hospitalar – 491 em terapia intensiva.

A taxa de ocupação hospitalar nesta sexta-feira (30) está em 46% -, com preocupação maior em enfermaria pediátrica, que tem 37 dos 46 leitos disponíveis ocupados (76%). Em Salvador, a taxa de ocupação é de 52%. Na capital, a enfermaria pediátrica preenche 35 das 37 vagas (94,5%).



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte bahia.ba

Merkel considera irresponsáveis manifestações anti-máscara

Blog Giga Medical

“Mentiras e desinformação, conspiração e ódio não afetam só o debate democrático, mas também a luta contra o vírus”, disse a chanceler, no seu discurso no parlamento, um dia depois de ser anunciado o encerramento de restaurantes e locais de lazer a partir de segunda-feira para conter a segunda onda de infeções.

Os deputados do partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD), a terceira maior força política no Bundestag (câmara baixa do parlamento), manifestaram-se contra as novas medidas anunciadas na quarta-feira, gritando durante o discurso de Angela Merkel.

A situação obrigou o presidente do Bundestag, Wolfgang Schäuble, a interromper a intervenção da chanceler para restaurar a ordem, ameaçando os deputados com sanções.

“O que é cientificamente falso deve ser claramente designado como tal”, insistiu a chanceler, cientista de formação, quando retomou o seu discurso.

“O populismo não é apenas irrealista, é também irresponsável”, acrescentou, garantindo que as medidas tomadas foram “adequadas, necessárias e proporcionais”.

Desde o verão, foram realizadas, na Alemanha, várias manifestações “anti-máscaras” e contra medidas sanitárias drásticas para conter a epidemia.

Em Berlim, os protestos chegaram mesmo a colocar em causa a segurança do Bundestag, quando alguns ativistas forçaram as barreiras de segurança para tentar entrar no parlamento, o que chocou o país.

No domingo, uma manifestação teve de ser dispersada pela polícia, enquanto o presidente da AfD, Alexander Gauland, denunciava aquilo que considera ser “propaganda de guerra” do Governo alemão sobre a pandemia.

No seu discurso, Merkel sublinhou ainda que considera essencial evitar o encerramento das fronteiras na Europa e manter a livre circulação de mercadorias e pessoas.

Devemos “manter ao mínimo a pressão sobre o mercado interno e o sistema Schengen“, o espaço sem fronteiras dentro da União Europeia, defendeu.

A cooperação entre os parceiros europeus, acrescentou, deve incluir o fornecimento de vacinas e negociações para chegar a acordo sobre “um regime de teste comum e de quarentenas” para viagens transfronteiriças dentro da União Europeia.

A cooperação ao nível da comunidade é essencial e não apenas para ultrapassar o covid-19, referiu a chanceler.

“Sabemos que a nossa ação a nível europeu relativamente à pandemia decidirá não só a saúde dos nossos cidadãos e das nossas economias, mas também terá uma influência significativa na forma como a capacidade de resposta da Europa e a legitimidade da sociedade europeia serão julgadas em todo o mundo”, argumentou.

Considerada o “bom aluno” da Europa durante a primeira onda de coronavírus, na primavera, a Alemanha registou um aumento muito grande de infeções nas últimas semanas.

Embora os números continuem muito abaixo dos registados em França ou em Espanha, alcançaram hoje o recorde de 16.774 novos casos de covid-19 em 24 horas, com mais 89 mortes, anunciou o Instituto Robert Koch, acrescentando que o número de casos ativos aumentou para 131.500.

Segundo a entidade responsável na Alemanha pelo controlo e prevenção de doenças, o número total de infetados com o novo coronavírus desde o anúncio do primeiro contágio no país, no final de janeiro, é de 481.013, incluindo 10.272 mortos.

Angela Merkel anunciou na quarta-feira o encerramento parcial, durante quatro semanas, de restaurantes, bares e teatros devido ao elevado aumento de casos, medida acordada entre o Governo e os poderes regionais.

Ao longo de novembro, será também proibida a oferta cultural, mantendo-se abertas as escolas e o comércio, “enquanto for possível”.

Merkel sublinhou que deverão ser limitados ao mínimo os contactos sociais e as reuniões entre pessoas que não convivem, adiantando que as restrições entrarão todas em vigor a 02 de novembro com o objetivo de “evitar uma emergência sanitária nacional” face ao avanço da pandemia do novo coronavírus.

Por outro lado, prosseguiu, todas as competições desportivas profissionais decorrerão sem púbico a partir de segunda-feira.

O Governo alemão também anunciou hoje um novo programa de ajuda de emergência, que poderá atingir os 10.000 milhões de euros, para apoiar os setores económicos afetados pelo endurecimento das restrições na luta contra a pandemia.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 44 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.noticiasaominuto.com

Suspensa distribuição de máscaras com propaganda eleitoral

Blog Giga Medical

Juiz manda coligação suspender distribuição de máscaras com propaganda eleitoral no município de Ivolândia (GO)

Satjawat Boontanataweepol

O juiz Márcio Antônio de Souza Moraes Júnior, do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás, decidiu acatar pedido da Coligação Força, União e Trabalho (DEM, PP, PDT e Cidadania) e determinou que seja suspensa imediatamente a entrega de máscaras de proteção facial no município de Ivolândia (GO) pelos candidatos da Coligação Renava Ivolândia (PTB, Podemos e PSC), sob pena de multa diária de R$ 5 mil em caso de descumprimento da decisão.

No pedido, os autores alegam que seus concorrentes distribuíram de forma massiva máscaras de proteção com slogan, nome e número dos candidatos da coligação Renova Ivolândia, o que contraria o artigo 38, parágrafo 1º da, Lei 9.504/97; e o artigo 21, parágrafo 1º, da Resolução 23.610/2019 do TSE.

Ao analisar o caso, o magistrado apontou que os candidatos, além de provocarem reprovável aglomeração no momento atual, também se encontraram cercados de pessoas utilizando a máscara de proteção facial contendo fotos, nomes, números, coligação e pedido de voto. O que, na visão do juiz, ressalta a fumaça do bom direito na pretensão dos autores.

“A proximidade do pleito eleitoral no dia 15 de novembro próximo, importa no risco de ineficácia da medida caso se mantenha a prática de distribuição de material aparentemente ilegal. Ante o exposto, entendo presentes os dois pressupostos para a concessão da medida liminar”, decidiu.

A Coligação Força, União e Trabalho (DEM, PP, PDT e Cidadania) foi representada pelos advogados Ricardo Moreira Pinto Miranda e Gabriel dos Santos Medeiros Borges.

Clique aqui para ler a decisão

0600892-98.2020.6.09.0000



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.conjur.com.br

Enfermeiro agredido no metro por chamar a atenção de pessoas sem máscara

Blog Giga Medical

Um enfermeiro foi agredido no metro de Londres depois de chamar a atenção de três passageiros que não usavam máscara.

O profissional do Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS) foi agredido momentos antes de ser atirado para fora da carruagem do metro.

Segundo o The Independent, o homem sofreu lesões num olho e no queixo.

A agressão aconteceu no sábado mas só agora a foi tornada pública, e numa altura em que a polícia conseguiu a imagem de uma das pessoas que terá estado envolvida na agressão.

O homem que pode ver na fotografia acima está a ser procurado pelas autoridades.

Dados oficiais do Reino Unido dão conta de que já foram multadas cerca de 500 pessoas no país por não usarem máscara em espaços públicos.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.noticiasaominuto.com

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias | Coronavírus

Blog Giga Medical

O Presidente da República promulgou nesta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o distanciamento físico recomendado.

Esta promulgação foi divulgada através de uma nota no portal da Presidência da República na internet.

“É obrigatório o uso de máscara por pessoas com idade a partir dos 10 anos para o acesso, circulação ou permanência nos espaços e vias públicas sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável”, lê-se no diploma, que entrará em vigor no dia seguinte ao da sua publicação.

O incumprimento desta obrigação — da qual estão dispensadas “pessoas que integrem o mesmo agregado, quando não se encontrem na proximidade de terceiros”, ou que apresentem declaração médica para o efeito constitui contra-ordenação sancionada com coima de 100 a 500 euros.

Em causa está um projecto de lei dos sociais-democratas que foi aprovado na sexta-feira com votos a favor de PS, PSD, CDS-PP e PAN e da deputada não inscrita Cristina Rodrigues, com abstenções de BE, PCP, PEV e da deputada não inscrita Joacine Katar Moreira e o voto contra da Iniciativa Liberal.

A iniciativa de tornar obrigatório o uso de máscara na rua partiu do Governo, através de uma proposta de lei que causou polémica sobretudo devido a outra medida: a utilização obrigatória da aplicação para telemóveis StayAway Covid.

Para agilizar a aprovação do uso obrigatório de máscara no espaço público, o PSD apresentou um projecto de lei apenas com essa medida e o Governo retirou o agendamento da sua proposta no Parlamento.

Na votação deste projecto de lei na especialidade foram aprovadas algumas alterações ao articulado do PSD. Por proposta do PS, a medida vigorará por 70 dias em vez de 90 e está previsto que seja “avaliada, quanto à necessidade da sua renovação, no final desse período”.

Quanto às excepções, o diploma hoje promulgado estabelece que a obrigatoriedade de uso de máscara é dispensada “mediante a apresentação de atestado médico de incapacidade multiusos ou de declaração médica, no caso de se tratar de pessoas com deficiência cognitiva, do desenvolvimento e perturbações psíquicas”, ou “de declaração médica que ateste que a condição clínica da pessoa não se coaduna com o uso de máscaras”.

Segundo o diploma, esta obrigatoriedade também não se aplica “em relação a pessoas que integrem o mesmo agregado familiar, quando não se encontrem na proximidade de terceiros” nem “quando o uso de máscara seja incompatível com a natureza das actividades que as pessoas se encontrem a realizar”.

Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.publico.pt

“Não há razão para me queixar”, diz Cláudio após uso máscara em programa

Blog Giga Medical

Depois dos recentes casos de Covid-19 que deixaram vários rostos da TVI em isolamento social, incluindo Cristina Ferreira, a emissão deste domingo do ‘Somos Portugal’ foi apresentada com os rostos da estação a usarem máscara. 

Esta foi a primeira vez que os apresentadores estiveram com a máscara, momento que Cláudio Ramos fez questão de destacar no fim de mais um dia de trabalho. 

“Retrato de um domingo feliz e seguro! Não vos posso dizer que é fácil fazer uma emissão em directo e de tantas horas com máscara. Se dissesse mentiria. Mas tenho a certeza que aos profissionais de saúde que estão dias seguidos com ela posta, custa muito mais. Que aos professores que estão a ensinar com ela custa muito mais…. E poderia mencionar aqui outros exemplos, por isso não há razão para me queixar”, começou por escrever na sua página de Instagram

Entreter com máscarasó uma nova maneira de fazer televisão. Os olhos estão à vista e Eles passam o que sinto! Obrigado aos que estiveram connosco”, rematou. 

Ver esta publicação no Instagram

… Retrato de um domingo feliz e seguro! . Não vos posso dizer que é fácil fazer uma emissão em directo e de tantas horas com máscara. Se dissesse mentiria. Mas tenho a certeza que aos profissionais de saúde que estão dias seguidos com ela posta, custa muito mais. Que aos professores que estão a ensinar com ela custa muito mais…. E poderia mencionar aqui outros exemplos, por isso não há razão para me queixar. Entreter com máscarasó uma nova maneira de fazer televisão. Os olhos estão à vista e Eles passam o que sinto! Obrigado aos que estiveram connosco  #euclaudio #claudioramos #saudeepazorestoouniversotraz

Uma publicação partilhada por Claudio Ramos (@claudio_ramos) a 25 de Out, 2020 às 2:28 PDT

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download



Giga Medical – Trazendo o melhor em equipamentos de proteção e hospitalares

Fonte www.noticiasaominuto.com